SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
SISTEMAS DISTRIBUÍDOS por Mind Map: SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

1. "Definimos um sistema distribuído como aquele no qual os componentes de hardware ou software, localizados em computadores interligados em rede, comunicam-se e coordenam suas ações apenas enviando mensagens entre si.” (COULOURIS et al, 2013)

1.1. EXEMPLOS

1.1.1. Internet: Através de um protocolo de comunicação relativamente simples, é possível realizar trocas de arquivos com música, vídeo e demais tipos de dados com computadores localizados em várias partes do planeta.

1.1.2. Clusters: um sistema onde dois ou mais computadores trabalham de maneira conjunta para realizar processamento pesado.

1.1.3. Processadores Multinúcleos: Distribuem o trabalho entre seus vários nucleos, dinimizando o processamento.

2. PORQUE UTILIZAR UM SISTEMA DISTRIBUÍDO ?

2.1. Custo desempenho

2.2. Escalabilidade

2.3. Dispersão Geográfica

2.4. Confiabilidade

3. DIFICULDADES

3.1. Conhecimento na utilização de REDES.

3.2. Segurança

3.3. Falhas

3.4. Complexidade

4. MIDDLEWARE

4.1. É utilizado para mover ou transportar informações e dados entre programas de diferentes protocolos de comunicação, plataformas e dependências do sistema operacional.

5. METAS

5.1. Acesso a Recursos

5.1.1. Levado em consideração a ser um método econômico e facilitar aos usuários e aplicações acesso a recursos remotos e o compartilhamento de maneira controlada e eficiente. O problema é lidar com spams, senhas e ratreamento de comunicações, dificultando a segurança.

5.1.1.1. Exemplo: Rede de Impressoras

5.2. Transparência

5.2.1. Ocultar o fato de que seus processos e recursos estão fisicamente distribuídos por vários computadores

5.2.1.1. Acesso

5.2.1.1.1. Oculta diferenças na representação de dados

5.2.1.2. Localização

5.2.1.2.1. Oculta o lugar do recurso

5.2.1.3. Migração

5.2.1.3.1. Oculta que um recurso pode ser movido para outro lugar

5.2.1.4. Realocação

5.2.1.4.1. Oculta que ele pode ser movido para outro lugar

5.2.1.5. Replicação

5.2.1.5.1. Oculta que um recurso é replicado

5.2.1.6. Concorrência

5.2.1.6.1. Oculta que o recurso pode ser compartilhado por usuarios diferentes

5.2.1.7. Falha

5.2.1.7.1. Oculta a falha na recuperação de um recurso

5.3. Abertura

5.3.1. Portabilidade

5.3.1.1. Condição de usar um codigo já existente ao inves de fazer um novo.

5.3.2. Característica que mostra se um sistema pode ser entendido de diferentes maneiras.

5.3.2.1. Exemplo: SO e Hardware.

5.3.2.2. Interoperabilidade

5.3.2.2.1. Condição de um sistema de se comunicar de forma transparente com outro.

5.4. Escalabilidade

5.4.1. A escalabilidade pode ser medida de vários modos, tais como: Carga de escalabilidade – É a facilidade com que um sistema distribuído pode ser expandido usando todos os seus recursos para acomodar as demandas, sejam altas ou baixas.