O Continente vol. 2

manuela

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
O Continente vol. 2 por Mind Map: O Continente vol. 2

1. Autor: Érico Veríssimo

2. O tempo e o Vento parte I

3. B) Personagens: BIBIANA: é uma das personagens principais no volume dois também, agora ela está mais madura, fria pela vida sofrida, passando a demonstrar sua personalidade forte e dominante, que remete á sua avó Ana Terra.

4. c) O narrador conta a história em terceira pessoa, podendo ser considerado onisciente, como é exemplificado na passagem: "Um grito atravessa o sono de Rodrigo, que acorda sobressaltado."

5. D) Aborda a história do Rio Grande do Sul, nos períodos aborda os períodos de 1850 a 1895. Conta sobre a Revolução Federalista, Guerra do Paraguai, as disputas de terras, as complicações da vida no sobrado.

6. E) O volume dois mostra como era a vida no Sobrado e a constante agonia de estar rodeado pelo inimigo. Começa com o surgimento de Luzia na narrativa, e com Bolivar se apaixonando por ela. Essa união acaba desencadeando diversos conflitos entre Bibiana e Luzia por Bolívar, pelo sobrado e pelo neto. Apesar de tudo Bibiana sempre manteve sua postura de cuidadora do sobrado. Depois de certos anos Licurgo, fruto da união de Luzia e Bolívar se envolve com Ismália Caré, filha dos empregados do Angico (terras da família no interior da cidade), esta relação entre eles é bastante complicada e Bibiana não aceita, mas o romance proibido se estende até mesmo depois do casamento com a prima Alice Terra. Luzia vem a falecer devido uma grave doença e no último capítulo é retratada a Guerra Civil entre os chimangos e maragatos. No meio desse caos Alice está em trabalho de parto, mas por medo de se julgado por abandonar a batalha Licurgo não vai ajudar a esposa, e o resultado é que a criança nasce morta.

7. DR. CARL WINTER: um personagem bem importante, era um Médico alemão culto mas ao mesmo tempo solitário, é considerado os olhos do leitor, quase como um alter-ego.

8. Licurgo Cambará: dono do sobrado onde toda a sua família vive, retratado como um homem "forte" e cheio de virilidade, contribuindo para a construção da atmosfera machista da época. Torna-se republicano e abolicionista fanático. Mesmo se casando com Alice, se sente preso sexualmente à Ismália, filha de um agregado pobre. Fica entre uma ambiguidade moral

9. Luzia: atormentada vive sobre suas angustias e ao mesmo tempo se posiciona de forma bem dura perante o marido. Ela odiava o sobrado, bem como Santa Fé.

10. Bolívar: marido de Luzia, é o contrário da personalidade valente e espontânea do pai.