HIPERPROLACTINEMIA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
HIPERPROLACTINEMIA por Mind Map: HIPERPROLACTINEMIA

1. Fisiologia da prolactina

1.1. - Indução e manutenção da prolactina; - Inibição da função reprodutora; - Inibição da libido

2. Causas

2.1. Fisiologicas

2.1.1. Amamentação Gestação

2.2. Patológicas

2.2.1. Medicamentosa

2.2.1.1. inibidores da dopamina; antipsicóticos; antidepressivos, opioides, cocaína, alguns anti-hipertensivos(metildopa). metoclopramida, domperidona; inibidores de protease e estrogênio (anticoncepcionais)

2.2.2. Doença sistêmica

2.2.2.1. - Insuficiência Renal - Insuficiência hepática - Hipotireoidismo, principalmente o primário

2.2.3. Lesão na sela túrcica

2.2.3.1. - Tumores hipofisários não prolactinoma - Tumor não hipofisário - Lesões Infiltrativas - Radioterapia

2.2.4. Prolactinoma

2.2.4.1. Mais comum em mulheres 24 - 34 anos

3. Manifestações Clínicas

3.1. Mulheres

3.1.1. - Oligomenorreia - Infertilidade - Galactorreia - Diminuição da massa óssea - Cefaleia - Sintomas visuais: estrabismo e hemianopsia bitemporal ( Sintomas compressivos de tu)

3.2. Homens

3.2.1. - Disfunção erétil - Infertilidade - Hipogonadismo - Diminuição da libido - Ginecomastia - Anemia - Diminuição da massa óssea - Cefaleia - Sintomas visuais: estrabismo e hemianopsia bitemporal

4. Diagnóstico

4.1. Dosagem de prolactina

4.1.1. Valores

4.1.1.1. PRL 20-100 ng/ml: drogas hipotireoidismo, DRC, cirrose

4.1.1.2. PRL 100 - 150 ng/ml: fisiológica - gravidez microprolactinoma

4.1.1.3. PRL > 200 ng/ml: macroprolactinoma

4.1.1.4. PRL NORMAL: até 20 ng/ml

4.2. Avaliar função hepática e renal

4.3. TSH E T4 LIVRE

4.4. beta hcg em mulheres em idade fértil

4.5. Efeito gancho: sintomas + macroadenoma + dosagem de prolactina baiva

5. Tratamento

5.1. Suspensão da medicação

5.1.1. Reposição hormonal em caso de impossibilidade de suspensão do uso das drogas

5.2. Agonistas dopaminérgicos

5.2.1. Cabergolina 0,25 - 3,5 mg/ sem

5.2.1.1. efeito colateral (raros): cefaeia, nauseas, depressão. valvulopatia, psicose

5.2.2. Bromocriptina 2,5 - 15 mg/ dia

5.2.2.1. Pode ser usada em gestantes