Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Clonagem por Mind Map: Clonagem

1. Tipos de vetores

1.1. Plamídeos

1.1.1. Características básicas

1.1.1.1. Conjugação

1.1.1.1.1. Compatibilidade

1.1.1.2. Conjugáveis

1.1.1.3. Não conjugáveis

1.1.2. O primeiro plasmídeo deve transportar um ou mais genes que lhe confiram propriedades particulares, tais como a resistência a certos antibióticos que possam servir como indicadores selecionáveis.

1.1.3. o segundo plasmídeo deve possuir pelo menos uma sequência de ADN que possa atuar como origem de replicação, de modo a que seja capaz de se multiplicar independentemente dos cromossomos bacterianos.

1.1.4. Terceiro plasmídeo deve ter apenas um local de reconhecimento onde as endonucleases o irão cortar. Se não tiver esse local, o plasmídeo não pode ser aberto para a inserção de novos genes.

1.2. Bacteriófagos

1.2.1. Características básicas

1.2.1.1. Fagos lisogêncos

1.2.1.2. Organização genética na molécula de ADN de Alpha

1.2.1.3. Formas linear e circular do ADN de Alpha

1.2.1.4. M13 como um vetor de clonagem atraente

1.2.1.5. Os vírus como veículos de clonagem para outros organismos

1.2.2. São vírus que infectam especificamente as bactérias.

2. Vetores de clonagem

2.1. Baseados em plasmídeos de E. Coli

2.2. Baseados no bacteriófago M13

2.2.1. Vetores hibridos plasmídeo- M13

2.3. Baseados no bacteriófago alfa

2.3.1. Vetores de inserção e de substituição

2.3.1.1. Cosmídeos

2.4. De alta capacidade

2.5. Para outras bactérias

2.6. Para outros organismos além da E. Coli

2.7. Para leveduras e outros fungos

2.7.1. Plasmídeos epissomais

2.7.1.1. Outros vetores de clonagem de leveduras

2.7.1.1.1. Cromossomos artificiais de leveduras

2.7.1.2. Plasmideos interativos de leveduras (YIps)

2.7.1.3. Plasmídeos replicativos de leveduras (YIRps)

2.8. Para plantas superiores

2.8.1. Agrobacterium Tumefaciens

2.8.1.1. Clonar genes em plantas por transferência direta de genes

2.8.1.1.1. A utilização de vírus de plantas como vetores de clonagem

2.9. Para células animais

2.9.1. Baseados em vírus animais

3. Características dos vetores

3.1. O vetor deve ser capaz de se replicar dentro da célula hospedeira de modo a que se possam produzir numerosas cópias de ADN recombinante, sendo estes capazes de passar para as células filhas.

3.2. Uma molécula de ADN deve dispor de várias características de modo a ser capaz de agir como um veículo para a clonagem de genes.