Marcos históricos da ciência da informação

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Marcos históricos da ciência da informação por Mind Map: Marcos históricos da ciência da informação

1. O estudo da área teve início em 1802, quando as primeiras ações são identificadas. No final dos anos 1960, o termo information science passa a ser amplamente utilizado

2. A partir da década de 1970, a CI amplia seu escopo de atuação, passando a estudar a necessidade de ação em um ambiente que já começava a dar os primeiros sinais da Sociedade da Informação (SI). Nos anos 1980, Brookes (1980) e Foskett (1980) entre outros;

3. Paul Otlet (1868 -1944), político e advogado, é considerado o fundador da CI e da documentação.

4. Sobre classificação, Melvin Dewey (1851-1931) criou a Classificação Decimal de Dewey (CDD), também conhecida como Sistema Decimal de Dewey.

5. o indiano Shiyali Ramamrita é o autor das cinco leis da biblioteconomia: os livros são para serem usados; a cada leitor o seu livro; para cada livro o seu leitor; poupe o tempo do leitor; e a biblioteca é uma organização em crescimento.

6. Hans Peter Luhn foi o responsável por muitas técnicas, tais como o processamento de textos completos (usando concordância como índices), a indexação através de palavra-chave do contexto (KWIC) e a indexação automatizada. Outra criação de destaque de Luhn é a disseminação seletiva de informação (SDI).

6.1. Le Coadic (2004) tem uma visão linear do surgimento da CI. Para ele, seu surgimento teve origem na biblioteconomia, uma vez que teve como objeto de estudo a informação obtida em bibliotecas, evoluindo para as informações científicas e tecnológicas.

7. Em 1952, eles passaram a utilizar a nomenclatura organização bibliográfica como resposta às pressões daqueles que consideravam a conotação de censura na palavra controle. A utilização dos dois termos levava à busca de uma teoria da armazenagem e recuperação da informação, considerada por Egan e Shera (1949;1952) como a base da CI.

7.1. Ele afirmou que a CI não se opunha à biblioteconomia e vice-versa, pois ambas eram aliadas naturais;

8. Conhecer e disseminar a história que cerca a evolução da CI é uma importante linha de pesquisa que ajuda a entender e a explorar seu campo de pesquisa.

8.1. Como toda ciência, a CI segue seu curso na história, adaptando-se, evoluindo, incorporando novos conceitos a fim de manter e cumprir, conforme Saracevic (1999), seu papel de responsabilidade social, levando a informação a quem dela precisa.