Operação de aterro sanitário

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Operação de aterro sanitário por Mind Map: Operação de aterro sanitário

1. Compactação do solo

1.1. Diminuição da infiltração da água da chuva

1.1.1. Diminuição da geração de lixiviado

2. Degradação de resíduos

2.1. Geração de lixiviado

2.1.1. Contaminação do solo

2.1.1.1. Prejuízo a microbiota do solo

2.1.2. Contaminação da água

2.1.2.1. Doenças de veiculação hídrica

2.1.2.1.1. Dano à saúde da população

2.1.2.2. Alteração das características físicas, químicas, biológicas

2.1.2.2.1. Prejuízo às comunidades aquáticas

2.1.2.3. Lençol freático

2.2. Geração de gases

2.2.1. Odores

2.2.1.1. Incômodo na vizinhança

2.2.2. Poluição atmosférica

3. Fluxo de máquinas e veículos

3.1. Risco de atropelamento da fauna

3.1.1. Acidentes no trânsito

3.2. Emissão de partículas sólidas

3.2.1. Desconforto da população

3.3. Ruídos

3.4. Vazamento de combustível e óleos

3.4.1. Poluição do solo e da água

3.4.1.1. Prejuízo a fauna e população

4. Coleta e tratamento de efluentes líquidos

4.1. Evitar contaminação do lençol freático

4.2. Dispor adequadamente os efluentes nos corpos hídricos

4.3. Aproveitamento do efluente tratado em processos internos de molhamento das vias públicas

4.4. Redução do potencial poluidor do efluente

4.4.1. Melhor qualidade da água

4.4.1.1. Saúde do meio ambiente e da populção

5. Supressão vegetal

5.1. Diminuição da biodiversidade

5.1.1. Prejuízo às cadeias tróficas

5.2. Redução de habitats

5.3. Redução da evapotranspiração

5.3.1. Alteração no balanço hídrico

5.4. Diminuição da infiltração

5.4.1. Aumento do escoamento superficial

6. Concentração de resíduos

6.1. Impacto visual negativo

6.1.1. Desvalorização dos imóveis do entorno

6.2. Atração de pragas e vetores

6.2.1. Exposição da população à doenças

7. Movimentação de solo

7.1. Exposição do solo

7.2. Geração de ruídos no processo

7.2.1. Impacto local

8. Triagem dos resíduos

8.1. Aumenta a vida útil do aterro

8.2. Reciclagem

8.2.1. Valorização dos resíduos

8.3. Geração de empregos

8.3.1. Aumento de renda da populão

8.3.1.1. Diminuição das desigualdades sociais

9. Coleta de gases

9.1. Queima de gases

9.1.1. Créditos de carbono

9.1.2. Geração de energia

9.1.3. Emissão de gases oriundos da queima

9.2. Tratamento de gases

9.2.1. Queima de gases

9.2.1.1. Emissão de gases oriundos da queima

9.2.1.2. Créditos de Carbono

9.2.1.3. Geração de energia

9.2.2. Redução do potencial poluidor dos gases gerados

10. Cobertura das células

10.1. Diminuição da exposição dos resíduos às intempéries

10.1.1. Menor geração de lixiviado

10.1.1.1. Menores custos no tratameto

10.1.1.2. Maior eficiência no tratamento

10.1.2. Menor geração de odores

10.1.2.1. Menores custos para tratamento

10.1.3. Evita proliferação de vetores e pragas

10.1.3.1. Evita surgimento de doenças na população

11. Cercamento da área

11.1. Evitar entrada de animais e pessoas

11.1.1. Evitar acidentes

11.2. Melhor delimitação visual da área utilizada