E.E. Paschoal Carlos Magno: Reunião com a equipe gestora para análise e sistematização de dados o...

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
E.E. Paschoal Carlos Magno: Reunião com a equipe gestora para análise e sistematização de dados obtidos por Mind Map: E.E. Paschoal Carlos Magno: Reunião com a equipe gestora para análise e sistematização de dados obtidos

1. Como está a análise e a discussão sobre a frequência e a aprendizagem dos estudantes da unidade escolar onde você está atuando?

1.1. Potencialidades: Essa discussão é frequente nas pautas de ATPC, reuniões de conselho de classe e série e também nas reuniões do grupo gestor, bem como nos brainstormings do plano de melhoria de resultados, no N3, dentre outros momentos. Ações têm sido desenvolvidas para procurar corrigir os problemas com ausências e com defasagens na aprendizagem.

1.2. Fragilidades: A partir da análise dos registros do Conselho Participativo, bem como observações de aula, nem sempre as ações são realmente implementadas a contento por todos os docentes, que apesar de receber a formação, não revertem o conhecimento para a prática.

2. A equipe gestora sabe o que impulsiona os estudantes a estar na escola?

2.1. A partir de pesquisa realizada junto aos alunos neste ano de 2019, os interesses em ordem de prioridade são: Ter um bom futuro profissional, estudar para conseguir fazer a faculdade que desejam, aprender sobre assuntos que têm interesse, estudar para se desenvolver como pessoa, ser um cidadão que saiba viver bem em sociedade, conhecendo direitos e deveres e cooperando para uma sociedade melhor, aprender a respeitar, conviver e ser respeitado, conhecer pessoas e ter amizades, desenvolver aptidões esportivas.

3. Conhece o que os impede ou desestimula a estar na escola?

3.1. Problemas de saúde.

3.1.1. Físicos

3.1.2. Emocionais

3.2. Problemas de saúde na família.

3.3. Necessidade de trabalhar sazonalmente.

3.4. Ficar em casa para cuidar de irmãos menores, pais ou avós doentes.

3.5. Absenteísmo docente.

3.6. Prática docente não desafiadora nem interessante.

3.7. Família que não incentiva a frequência e os estudos.

3.8. Baixo rendimento escolar ou dificuldade de aprendizagem

3.9. Baixa interação ou socialização.

3.10. Problemas de convivência como bullying, sala com comportamento muito agitado.

3.11. Falhas no transporte escolar

3.12. Outros fatores de vulnerabilidade

4. Conhece o que faz os estudantes irem e permanecerem na escola?

4.1. Professores com práticas diferenciadas e relevantes para o aprendizado dos alunos.

4.2. Atividades diferenciadas e interativas.

4.3. Famílias que acompanham e incentivam a frequência dos filhos.

4.4. Professores que valorizam a frequência e a participação dos alunos.

4.5. Professores que são frequentes e estabelecem uma linha de trabalho consistente.

4.6. Boa interação com os colegas e turma produtiva.

4.7. Ambiente escolar seguro

5. Quais os fatores intra e extraescolares que impactam positiva e/ou negativamente no desenvolvimento dos estudantes?

5.1. Fatores positivos

5.1.1. Acompanhamento familiar

5.1.2. Bom ambiente de trabalho

5.1.3. Alunos interessados

5.2. Fatores negativos

5.2.1. De acordo com a percepção da equipe docente

5.2.1.1. Alunos desinteressados.

5.2.1.2. Falta de acompanhamento familiar

5.2.1.3. Indisciplina

5.2.1.4. Uso indevido de celular

5.2.1.5. Falta de equipamentos adequados

5.2.1.6. Impossibilidade da gestão em resolver casos sérios de indisciplina

5.2.1.7. Falta de materiais diversos

5.2.1.8. Defasagem na aprendizagem

5.2.1.9. Constantes mudanças nos planos por orientação da secretaria

6. Como a gestão escolar monitora ou pode monitorar a frequência dos estudantes?

6.1. A escola monitora a frequência dos estudantes através de chamada em pasta volante,que pode ser consultada diariamente, alimentando uma planilha que indica o percentual de ausências. Além disso, esse controle é feito também por indicação dos professores, que apontam os alunos que estão se ausentando.

7. O que é feito com esses dados?

7.1. Com base na indicação do percentual da planilha, a gestão escolar entra em contato via comunicado, gerado através de mala direta.

7.1.1. Nos casos em que o aluno alcançou 10% de ausências, é encaminhado um comunicado aos pais, indicando o nível de ausências, solicitando que os pais expliquem por escrito o motivo das ausências e devolvam para a escola.

7.1.2. Nos casos em que os alunos alcançaram 20% de ausências em relação ao total de ulas programado para o período, o aluno recebe um comunicado a ser entregue aos pais, convocando-os para conversar sobre as ausências dos filhos, registrando, por escrito os motivos das ausências, se não justificados. Cabe compensação de ausências.

7.1.3. Nos casos em que o aluno se ausenta por motivo de saúde, se não for por período muito longo, desconta-se do total de faltas registradas. Encaminha-se para atendimento domiciliar nas licenças e compensação das ausências interpoladas.

7.2. Elabora-se plano de ação para reduzir problemas de ausências e evasão escolar, através de mudanças na prática docente e também contando com o apoio dos pais para evitar o absenteísmo.

7.2.1. Melhoria na prática docente

7.2.2. Controle de ausências com notificação

7.2.3. Solicitação de apoio do grêmio para ações

7.2.4. Redução na defasagem da aprendizagem

7.2.5. Discute-se em ATPC e estabelce-se calendário de formações

7.2.6. Monitora-se a aplicação da formação na prática.

7.2.7. Feedback formativo para aperfeiçoamento e correção de rumos.