Sistemas Circulatório e Respiratório dos Cordados

Fisiologia Animal - Atividade IAluna: Bárbara CastroUAB/UECE

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sistemas Circulatório e Respiratório dos Cordados por Mind Map: Sistemas Circulatório e Respiratório dos Cordados

1. PEIXES

1.1. Sistema Circulatório

1.1.1. simples e completo.

1.1.2. não há a mistura entre o sangue venoso e o arterial.

1.1.3. possui um átrio e um ventrículo.

1.1.4. o sangue venoso vem dos tecidos pela veia cava, entrando no coração pelo seio venoso.

1.1.5. do seio venoso o sangue vai para o átrio seguindo para o ventrículo...

1.1.5.1. onde é bombeado indo para o cone arterioso...

1.1.5.1.1. onde sai do coração e vai para a aorta ventral, conduzindo o sangue até as brânquias.

1.1.6. nas brânquias, o sangue vai pelos vasos branquiais aferentes e sai pelas alças coletoras eferentes...

1.1.6.1. fazendo um processo de contra-corrente com a água vinda do meio externo, indo para a aorta dorsal.

1.1.7. a aorta dorsal então se ramifica em artérias que distribuem o sangue para todos os tecidos...

1.1.7.1. assim o sangue venoso que sai dos tecidos é conduzido pelas veias cavas ao seio venoso do coração, onde recomeça o ciclo.

1.2. Sistema Respiratório

1.2.1. Respiração Branquial.

1.2.1.1. constituída por boca, brânquias/guelreas e opérculo (este não presente em todos os peixes)

1.2.1.2. a água entra pela boca saindo pelas brânquias/guelreas.

1.2.1.3. as trocas gasosas entre o ambiente e o animal ocorrem nos arcos branquiais que são recobertos pelo opérculo.

1.2.1.4. antes de sair, a água passa por um filtro formado por pequenos cílios, que vai retirar as impurezas...

1.2.1.4.1. passando ainda por alguns filamentos feitos a partir de lamelas bem finas e cheias de vasos sanguíneos.

1.2.1.5. nas lamelas vai ocorrer as trocas gasosas, e os vasos, ricos em oxigênio, vão drenar todo o organismo, menos a região do coração...

1.2.1.5.1. assim o gás carbônico vai sair junto com a água através da abertura opercular.

1.2.2. Respiração Pulmonar

1.2.2.1. sistema respiratório mais complexo.

1.2.2.2. estrutura pulmonar interligada ao sistema digestivo.

1.2.2.3. o pulmão primitivo é ligado à faringe e tem muitos vasos.

1.2.2.4. ao encher o pulmão de ar, ele captura o oxigênio, que irá para o sangue enquanto o gás carbônico faz o caminho contrário.

1.2.3. Respiração Cutânea

1.2.3.1. feita pela pele do animal.

1.2.3.2. a troca gasosa ocorre por todo o corpo.

1.2.3.3. a epiderme recebe moléculas de oxigênio que entram em contato com os vasos sanguíneos do peixe.

1.2.3.4. assim o gás carbônico faz o trajeto contrário ao oxigênio e é expelido através da pele.

2. ANFÍBIOS

2.1. Sistema Circulatório

2.1.1. sistema fechado e de circulação é dupla incompleta.

2.1.2. no coração há mistura parcial de sangue...

2.1.2.1. pois as duas aurículas não se contraem ao mesmo tempo.

2.1.3. o sangue venoso é o primeiro a ser bombeado vindo de diferentes órgãos do animal.

2.1.3.1. segue para a aurícula direita, sendo impulsionado pelo único ventrículo para o cone arterial.

2.1.3.1.1. depois é encaminhado pela prega helicoidal para uma artéria pulmonar e depois para os pulmões.

2.2. Sistema Respiratório

2.2.1. Quando larvas:

2.2.1.1. respiração branquial, como as dos peixes.

2.2.2. Quando adultos:

2.2.2.1. respiração pulmonar simples, já que passam a viver na terra.

2.2.2.1.1. por possuírem pulmões simples, existe pouca superfície de contato para as trocas gasosas.

2.2.2.2. respiração cutânea, já que seus pulmões não são totalmente eficazes.

2.2.2.2.1. para que possa ocorrer a pele deve estar úmida, pois os gases não se difundem em superfícies secas.

3. RÉPTEIS

3.1. Sistema Circulatório

3.1.1. semelhante ao dos anfíbios.

3.1.2. o coração possui três cavidades, sendo dois átrios e um ventrículo parcialmente dividido.

3.1.3. o sangue venoso vem dos tecidos do corpo indo para o átrio direito do coração através da veia cava.

3.1.4. o sangue arterial vem dos pulmões indo para o átrio esquerdo do coração através de duas veias pulmonares, cada uma indo para um pulmão.

3.1.5. dos átrios, o sangue venoso e arterial vão para o ventrículo onde são parcialmente misturados.

3.1.6. o sangue venoso é então bombeado no ventrículo, que vai para os pulmões para serem oxigenados, através da artéria pulmonar...

3.1.6.1. depois o sangue arterial é bombeado para os tecidos do corpo, através de dois troncos aórticos, que depois se unem em uma artéria aorta.

3.1.7. os crocodilianos, apresentam dois ventrículos, mesmo assim há mistura de sangue arterial e venoso no coração, só que em menor quantidade em relação aos outros répteis.

3.1.7.1. durante o mergulho sua circulação se modifica de modo que o fluxo de sangue para os pulmões diminui e o débito cardíaco do ventrículo direito é ejetado para o arco aórtico esquerdo através dessa uma junção chamada de anastomose.

3.2. Sistema Respiratório

3.2.1. Na maioria dos répteis:

3.2.1.1. respiração pulmonar semelhante a dos anfíbios, mas mais eficiente.

3.2.1.2. sistema composto pela traqueia, brônquios e pulmões direito e esquerdo.

3.2.1.3. o ar entra pelas narinas e vai para as coanas, em seguida vai para a laringe, traqueia e brônquios a partir do qual entra nos pulmões.

3.2.2. Nos crocodilianos:

3.2.2.1. respiração pulmonar.

3.2.2.2. para que possam passar longos períodos em baixo d'água sem respirar, o animal inverte o sentido da circulação sanguínea, assim leva o sangue mais oxigenado para órgãos vitais como o cérebro e o sangue menos oxigenado para os demais órgãos do corpo.

3.2.3. Nos quelônios:

3.2.3.1. os pulmões ficam localizados dorsalmente e estão ligados a carapaça do animal.

3.2.3.2. inalam o ar contraindo os músculos que aumentam o volume da cavidade visceral, criando uma pressão negativa para levar o ar aos pulmões.

3.2.3.3. quando na água sua respiração é feita por meio de órgãos acessórios situados na cloaca: brânquias cloacais, que funcionam quando o animal se fica submerso.

4. AVES

4.1. Sistema Circulatório

4.1.1. o coração é dividido em quatro cavidades: dois ventrículos e dois átrios.

4.1.2. não ocorre a mistura entre os sangues.

4.1.3. circulação dupla e completa.

4.1.4. o átrio e ventrículo direito trabalham exclusivamente com o sangue pobre de oxigênio, encaminhando-o para os pulmões para oxigenação.

4.1.5. o átrio e ventrículo esquerdo trabalham apenas com o sangue rico em oxigênio.

4.1.6. o ventrículo de parede musculosa, bombeia o sangue para a artéria aorta, assim os tecidos recebem sangue ricamente oxigenado.

4.2. Sistema Respiratório

4.2.1. respiração pulmonar.

4.2.2. os pulmões são conectados a um conjunto de sacos aéreos, geralmente uns nove, que estendem pelas cavidades dos ossos pneumáticos.

4.2.3. a movimentação constante de ar dos pulmões, devido ao canto do animal, permite um suprimento renovado de oxigênio para os tecidos.

4.2.4. a entrada e a saída do ar são provocadas pela movimentação do osso esterno e das costelas, que aumentam e diminuem o volume interno da cavidade corporal.

5. MAMÍFEROS

5.1. Sistema Circulatório

5.1.1. o coração é dividido em quatro cavidades: dois ventrículos e dois átrios.

5.1.2. circulação fechada, dupla e completa.

5.1.3. não há mistura de sangue venoso com arterial.

5.1.4. o átrio e ventrículo direito bombeia o sangue sem oxigênio para os pulmões onde lá é oxigenado.

5.1.5. o átrio e o ventrículo esquerdo recebem o sangue oxigenado dos pulmões, que no coração é impulsionado e através das artérias leva o sangue para todos os tecidos do organismo.

5.2. Sistema Respiratório

5.2.1. o ar entra pelas narinas, onde é filtrado pelos cílios ali presentes.

5.2.2. então o ar vai para laringe e faringe onde a epiglote se encontra, essa válvula se fecha para evitar que alimentos entrem no sistema respiratório.

5.2.3. então ele chega aos pulmões, seguindo para brônquios, bronquíolos e os alvéolos onde enfim ocorre a troca de gases.