intra e entra

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
intra e entra por Mind Map: intra e entra

1. Comensalismo: O comensalismo é bem parecido com a proto cooperação, com a diferença de que nessa relação somente uma das partes é beneficiada, mas a outra não sofre nenhum prejuízo, ou seja, a relação para ela é neutra. Um exemplo clássico é a rêmora e o tubarão, onde a rêmora se alimenta dos restos do tubarão, mas isso não gera vantagem nenhuma para o mesmo.

2. Mutualismo: Como o nome diz, essa relação envolve benefício mútuo, ou seja, é positiva para os dois lados, assim como na proto cooperação. A diferença é que essa relação não é opcional, por isso ela é chamada também de simbiose obrigatória, pois ambos os indivíduos dependem dessa associação para sobrevivência.

3. Colônia: indivíduos da mesma espécie que vivem e necessitam estar anatomicamente agrupados, interagindo de forma que proporciona vantagem a todos. Nesta, há divisões de trabalho, onde todos desempenham funções vitais para o grupo.

4. Sociedade: grupos cujos indivíduos possuem sistemas de comunicação e cooperação, com divisão de trabalho. Esses possuem independência e mobilidade em relação aos outros, uma vez que estão anatomicamente separados e, desta forma, podem inclusive compor novo grupo, diferente do qual o originou. As sociedades também podem ser isomorfas ou heteromorfas. Seres humanos e insetos sociais, como abelhas e cupins, são exemplos.

5. Canibalismo: Um animal mata e se alimenta de outro da mesma espécie. Ex: viúva-negra fêmea que, após o ato reprodutivo, arranca e devora a cabeça do macho. Fêmeas de louva-a-deus também devoram seus machos.

6. Competição intraespecífica propriamente dita: indivíduos da mesma espécie competem por um ou mais recursos que, na maioria das vezes, não estão disponíveis em quantidade suficiente no ecossistema. Pode delinear uma população, principalmente em seu tamanho.

7. Relações ecológicas interespecíficas As relações entre indivíduos de diferentes espécies podem ir desde uma espécie que se alimenta de outra até a dependência mutua dos indivíduos envolvidos. Competição interespecífica Assim como na competição intraespecífica, na competição interespecífica há a disputa por recursos, porém, entre espécies diferentes. Predatismo A predação ou predatismo ocorre quando uma espécie predadora mata outra espécie (presa) para se alimentar. Enquanto o predador se beneficia, a presa é prejudicada. Esta relação atua na regulação da densidade populacional no ambiente. Parasitismo O parasitismo é tipo de relação em que uma espécie parasita associa-se a uma espécie hospedeira para alimentar-se às suas custas. Geralmente, ambas as espécies estão bem adaptadas umas às outras, de modo que não são causados à espécie hospedeira grandes prejuízos. Exemplo: carrapato-estrela (Amblyomma cajennense) parasitando uma capivara (Hydrochoerus hydrochaeris). Mutualismo Nesta interação, ambas as espécies trazem benefícios umas às outras. O mutualismo pode ser facultativo ou obrigatório. No primeiro caso, também chamado de protocooperação, as espécies associadas trocam benefícios, mas podem viver separadas umas das outras. É o caso dos crustáceos do gênero Pagurus, conhecidos como caranguejos-eremita, e algumas espécies de anêmona-do-mar. Este caranguejo protege-se em conchas abandonadas por caramujos, nas quais podem estar fixadas anêmonas-do-mar. As anêmonas aproveitam o deslocamento do caranguejo para alimentarem-se, enquanto os caranguejos se protegem nas conchas nas quais se encontram as anêmonas. No mutualismo obrigatório, a sobrevivência de ambas as espécies depende da associação. É o que acontece com certas espécies de protozoários e cupins. Os protozoários abrigam-se no intestino dos cupins, digerindo, em troca, a celulose presente na madeira que estes ingerem e que não são capazes de digerir. Comensalismo e inquilinismo O comensalismo está ligado principalmente à necessidade de obtenção de alimentos. Uma espécie se beneficia, porém, sem prejudicar a outra. A rêmora, por exemplo, se alimenta de restos de alimento deixados por tubarões prendendo-se, ao corpo deles. Para eles, sua presença é indiferente. No inquilinismo, um dos indivíduos – inquilino – se beneficia utilizando o corpo de outro indivíduo para obter suporte e abrigo, sem prejudicá-lo. É o caso de bromélias que se instalam sobre plantas bem maiores para obterem luz. Para o inquilino, é indiferente sua presença.

8. oque são RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS HARMÔNICAS

9. oque são RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS DESARMÔNICAS

10. oque são RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS Harmônicas

11. oque são RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICAS

11.1. mensalismo: O amensalismo ocorre quando uma espécie inibe a formação da outra em benefício próprio, geralmente secretando alguma substância que restringe o desenvolvimento de outra que possa vir a ser uma competidora em potencial. O eucalipto é um bom exemplo, suas folhas secretam substâncias no solo que impedem o desenvolvimento de outras plantas.

11.2. Competição: a competição pode ser tanto intra quanto interespecífica, e nos dois casos ela é considerada uma relação desarmônica, devido ao fato de que um dos lados vai sair em prejuízo. A competição pode se dar por vários motivos como alimentação, reprodução e territorial.

11.3. Parasitismo: No parasitismo uma espécie tira proveito da outra se alimentando dela, podendo causar doenças, mas raramente a morte. Um exemplo de parasitismo são as lombrigas (Ascaris lumbricoides) no corpo humano.

11.4. Parasitismo: No parasitismo uma espécie tira proveito da outra se alimentando dela, podendo causar doenças, mas raramente a morte. Um exemplo de parasitismo são as lombrigas (Ascaris lumbricoides) no corpo humano.

12. DIFERENÇA ENTRE INTER E INTRA

12.1. Sendo assim as relações interespecíficas seriam as que acontecem com indivíduos de espécies diferentes, podemos ter relações benéficas ou maléficas em que no caso um dos indivíduos somente vai se dar bem. Sendo assim podemos dizer que inter é diferente. Já as intraespecíficas se dão entre os organismos de uma mesma espécie como por exemplo as abelhas, nesse caso todos trabalham juntos ( se assim podemos dizer), com isso podemos dizer que intra seriam iguais.

13. Relações