Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
ULTRASSOM por Mind Map: ULTRASSOM

1. CONTRAINDICAÇÕES

1.1. ÁREA COM INSUFICIÊNCIA VASCULAR

1.2. VARIZES

1.3. ÁREA DOS OLHOS

1.4. GRAVIDES

1.5. MARCAPASSO SE FOR PERTO DO LOCAL

1.6. TUMORES MALIGNOS

1.7. IMPLANTES METÁLICOS NO LOCAL FORMA ONDAS ESTACIONARIAS, PODE DAR REJEIÇÃO METÁLICA

1.8. FIBRAS ABERTA COM INFEÇÃO

2. TIPOS

2.1. ULTRACAVITAÇÃO

2.1.1. SÓ PARA GORDURA LOCALIZADA

2.2. ULTRASSOM FOCALIZADO

2.2.1. SÓ PARA GORDURA LOCALIZADA

2.3. ULTRASSOM CONVENCIONAL OU TERAPEUTICO

2.3.1. PÓS OPERATÓRIO E TRATAMENTOS

2.4. TERAPIA COMBINADA

2.4.1. PÓS OPERATÓRIO E TRATAMENTOS

3. FREQUÊNCIA

3.1. MENOR A FREQUÊNCIA MAIS PROFUNDO

3.2. MAIOR A FREQUÊNCIA MAIS SUPERFICIAL

4. DEFINIÇÃO

4.1. UM TIPO DE CORRENTE QUE TRANSFORMA ENERGIA ELÉTRICA EM ONDAS SONORAS OU ENERGIA MECÂNICA

4.2. CONTÉM PLACAS DE CERÂMICA QUE EM CONTATO COM A CORRENTE ELÉTRICA ELA DILATA E COMPRIME FORMANDO A ENERGIA MECÂNICA

5. EFEITOS

5.1. TÉRMICO

5.1.1. MODO PULSADO E CONTINUO

5.1.1.1. MELHORA EDEMA E TOXINAS

5.1.1.2. MELHORA OFERTA DE NUTRIENTES E RETIRADA CATABÓLITOS

5.1.1.3. MELHOR PERMEABILIDADE DA MEMBRANA CELULAR

5.2. MECÂNICO

5.2.1. MODO CONTINUO

5.2.1.1. AUMENTA METABOLISMO

5.2.1.2. AUMENTA ELASTICIDADE DA ESTRUTURA DE COLÁGENO

5.2.1.3. VASODILATAÇÃO

5.2.1.4. AÇÃO TIXOTRÓPICA

5.2.1.5. ESTIMULAÇÃO DE AGIOGÊNESE

5.3. TERAPÊUTICOS

5.3.1. REGENERAÇÃO

5.3.2. ANTI-INFLAMATÓRIO

5.3.3. ANTIEDEMATOSO

5.3.4. ANALGESIA

5.3.5. ATUA NA FIBROSE ( FIBRINOLÍTICO)

6. INDICAÇÕES

6.1. PROCESSOS FIBRÓTICOS PÓS CIRÚRGICO

6.2. TRANSTORNO CIRCULATÓRIO (EDEMA)

6.3. TECIDOS EM CICATRIZAÇÃO

6.4. ADERÊNCIA CICATRICIAL

6.5. CELULITE