Transtorno do pânico

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Transtorno do pânico por Mind Map: Transtorno do pânico

1. Sintomas: Período de intenso medo e desconforto; Falta de ar (dispneia) ou sensação de asfixia; Vertigem; Palpitações ou ritmo cardíaco acelerado (taquicardia); Tremor ou abalos; Sudorese; Sufocamento; Náuseas ou desconforto abdominal; Despersonalização ou desrealização; Anestesia ou formigamento (parestesias); Ondas de frio e calor; Dor ou desconforto no peito; Medo de morrer; Medo de enlouquecer ou cometer ato descontrolado.

2. Fisiopatologia: O Transtorno do Pânico parece estar relacionado as alterações nos neurotransmissores monoaminérgicos cerebrais. As pesquisas de Ehlers e Margraf, 1989, apontaram que durante um ataque são detectados disparos repetitivos de neurônios noradrenérgicos do tronco cerebral (locus coeruleus). As monoaminas, a norepinefrina e a serotonina são os dois neurotransmissores mais envolvidos na fisiopatologia dos transtornos de humor e de ansiedade.

3. Diagnóstico diferencial: Infarto agudo do miocárdio talvez seja a situação clínica que mais se superponha ao TP, uma vez que o quadro de ansiedade, opressão no peito, falta de ar, taquicardia, sudorese e sensação de morte iminente coexistem nas duas situações e, dessa forma, o paciente deverá ser submetido a exames como: eletrocardiograma e dosagens de enzimas cardíacas, para descartar o quadro orgânico.

4. Fatores de risco: genético; estresse contínuo; longas jornadas de trabalho; pessoas do sexo feminino; transtorno de ansiedade.

5. Tratamento: psicoterapia e farmacoterapia: (benzodiazepínicos, ISRS, ISRN...)