NUTRIÇÃO ESPORTIVA

mapa mental nutrição esportiva 2019/2

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
NUTRIÇÃO ESPORTIVA por Mind Map: NUTRIÇÃO ESPORTIVA

1. CARBOIDRATOS

1.1. FONTE DE ENERGIA PRIMÁRIA

1.2. FÓRMULA CH2O

1.3. MONOSSACARÍDEOS

1.4. DISSACARÍDEOS

1.5. POLISSACARÍDEOS

1.6. 1G = 4KCAL

1.7. ANTICETOGÊNICO

1.8. EXCESSO LEVA A OBESIDADE

1.9. CARÊNCIA LEVA A MAGREZA

2. FIBRAS

2.1. SOLÚVEIS

2.1.1. DIMINUI A GLICEMIA PÓS PRANDIAL

2.1.2. DIMINUI COLESTEROL TOTAL, LDL E TRIGLICÉRIDES

2.1.3. AUMENTA O TEMPO DE TRÂNSITO INTESTINAL

2.2. INSOLÚVEIS

2.2.1. DIMINUI O TEMPO DE TRÂNSITO INTESTINAL

2.2.2. AUMENTA O NÚMERO DE EVACUAÇÕES

2.2.3. AUMENTA A QUANTIDADE DE FEZES

3. LIPÍDEOS

3.1. INSOLÚVEIS EM ÁGUA

3.2. LIPÍDEOS SIMPLES

3.2.1. GLICERÍDEOS

3.2.2. CERÍDEOS

3.3. LIPÍDEOS COMPOSTOS

3.3.1. ÁCIDOS GRAXOS

3.3.2. ÁCIDOS GRAXOS SATURADOS

3.3.3. ÁCIDOS GRAXOS INSATURADOS

3.3.4. ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS

3.4. 1G = 9KCAL

3.5. ISOLANTE TÉRMICO CORPÓREO

3.6. EXCESSO LEVA A OBESIDADE

3.7. RESERVA ENERGÉTICA CORPORAL

4. PROTEÍNAS

4.1. IG = 4KCAL

4.2. TURNOVER PROTEICO

4.2.1. HUMANOS NÃO POSSUEM RESERVA DE PROTEÍNAS

4.2.2. MÚSCULOS, PELE, FÍGADO E MUCOSA INTESTINAL POSSUEM MAIOR TURNOVER PROTEICO

4.2.3. METABOLISMO: SÍNTESE X CATABOLISMO (PROCESSUALIZAÇÃO DAS PROTEÍNAS E REPARO CELULAR)

4.2.4. TERMOGÊNESE DOS ALIMENTOS

4.2.5. TAXA METABÓLICA BASAL

4.2.6. FATOR INTENSIDADE DAS ATIVIDADES FÍSICAS PRATICADAS NO DIA

4.2.7. PERCA DE 2/3 DE PROTEÍNAS LEVA A MORTE

4.2.8. PROTEÍNA UTILIZADA PARA OUTRO FIM QUE NÃO SEJA O FIM CONSTRUTIVISTA LEVA A DEGRADAÇÃO DE OUTROS TECIDOS OU ENZIMAS

4.2.9. CARBOIDRATOS PRESERVAM AS PROTEÍNAS

4.2.10. CATABOLISMO AUMENTA A PARTIR DE 60MIN DE EXERCÍCIO

4.3. AMINOÁCIDOS SIMPLES

4.3.1. SÍNTESE DE TECIDOS

4.3.2. SÍNTESE DE HORMÔNIOS E ENZIMAS

4.3.3. EM EXCESSO SÃO ARMAZENADOS EM FORMA DE GORDURA

4.3.4. OXIDADOS PARA PRODUZIR ENERGIA AO ATINGIR O LIMIAR DE ABSORÇÃO

5. BIOENERGÉTICA

5.1. CAPACIDADE DE REALIZAR UMA AÇÃO OU TRABALHO

5.2. NOS ALIMENTOS É CONHECIDO POR CALORIAS OU JOULES

5.3. O METABOLISMO CELULAR É O CONJUNTO DE TODAS AS REAÇÕES QUÍMICAS QUE ACONTECEM NO INTERIOR E EXTERIOR DAS CÉLULAS

5.4. ANABOLISMO

5.4.1. SÃO REAÇÕES QUE PRODUZEM MAIS OU NOVAS MATÉRIAS NO ORGANISMO

5.4.2. RECORRENTE = GANHO DE PESO

5.4.3. REAÇÃO ENDERGÔNICA

5.4.4. TRANSPORTE ATIVO

5.4.5. MOVIMENTO

5.4.6. ATP-CP (ANAERÓBIO ALÁTICO)

5.5. CATABOLISMO

5.5.1. SÃO REAÇÕES QUE DEGRADAM AS MATÉRIAS JÁ EXISTENTES NO ORGANISMO

5.5.2. RECORRENTE = PERCA DE PESO

5.5.3. REAÇÃO EXERGÔNICA

5.5.4. RESPIRAÇÃO CELULAR = MITOCÔNDRIAS

5.5.5. GLICÓLISE ANAERÓBIA LÁTICA

5.5.6. SISTEMA DE TRANSPORTE DOS ELÉTRONS

5.5.7. SISTEMA OXIDATIVO OU AERÓBIO

5.6. O EQUILÍBRIO ENTRE O ANABOLISMO E O CATABOLISMO SE CHAMA HOMEOSTASE

5.7. ATP = ENERGIA

5.7.1. ADENOSINA TRIFOSFATO

5.8. CICLO DE KREBS (HANS ADOLF KREBS)

6. ESTERÓIDES ANABOLIZANTES

6.1. HORMÔNIO SINTÉTICO DE FONTE EXÓGENA

6.2. FINS TERAPÊUTICOS

6.2.1. ANEMIA

6.2.2. HIPOGONADISMO

6.2.3. ANGIOEDEMA HEREDITÁRIO

6.2.4. PREVENÇÃO DE CATABOLISMO DE CORTICOSTEROIDES

6.2.5. REABSORÇÃO ÓSSEA (OSTEOBLASTOS)

6.2.6. CÂNCER DE MAMA

6.3. COLATERAIS DO USO RECREATIVO E ESPORTIVO PROFISSIONAL

6.3.1. PUBERDADE PRECOCE (FECHAMENTO PREMATURO DAS HIPÍFISES)

6.3.2. ATROFIA TESTICULAR

6.3.3. ANDROGENIZAÇÃO

6.3.4. DIMINUIÇÃO DA ATIVIDADE OVARIANA

6.3.5. DISTÚRBIOS PSIQUIÁTRICOS (NARCISISMO, ROID RAGE E DEPRESSÃO)

6.3.6. PERDA DE CABELO

6.3.7. ACNE

6.3.8. LESÕES HEPÁTICAS

6.3.9. HIPERTROFIA CARDÍACA E PROSTÁTICA

6.4. HGH (HORMÔNIO DO CRESCIMENTO)

6.4.1. COLATERAIS

6.4.1.1. HIPERTENSÃO

6.4.1.2. HIPERLIPEMIA

6.4.1.3. DIABETES

6.4.1.4. CARDIOMIOPATIAS HIPERTRÓFICAS

6.4.1.5. HIPERTROFIA DOS ÓRGÃOS INTERNOS

6.4.1.6. ACROMEGALIA CRÔNICA

6.5. DIURÉTICOS

6.5.1. EXCRETORES DE MINERAIS, ÁGUA E MACRONUTRIENTES

6.5.2. COLATERAIS

6.5.2.1. PERDA DE PESO RÁPIDA

6.5.2.2. HIPOCALEMIA

6.5.2.2.1. CÂIMBRAS

6.5.2.3. HIPOTENSÃO

6.5.2.4. ARRITMIA CARDÍACA

6.5.2.5. ALCALOSE SISTÊMICA

6.5.2.6. HIPOGLICEMIA

6.5.2.7. AUMENTO DO ÁCIDO ÚRICO

6.6. ESTIMULANTES

6.6.1. ESTIMULANTES DIVERSOS

6.6.1.1. CENTROS RESPIRATÓRIOS

6.6.2. ESTIMULANTES PSICOMOTORES

6.6.2.1. PERIFÉRICO E CENTRAL

6.6.3. AMINAS SIMPÁTICOMIMÉTICAS

6.6.3.1. PERIFÉRICO

6.6.4. COLATERAIS

6.6.4.1. NERVOSISMO

6.6.4.2. EUFORIA

6.6.4.3. INSÔNIA

6.6.4.4. DELÍRIO PARANÓICO

6.6.4.5. DEPENDÊNCIA

6.6.4.6. TREMOR

6.6.4.7. ABSTINÊNCIA

6.6.4.8. PSICOSE

6.6.4.9. HIPERTENSÃO

6.6.4.10. ARRITMIA CARDÍACA

6.6.4.11. PERDA DA COORDENAÇÃO MOTORA

6.6.4.12. AGRESSIVIDADE

6.7. SUBSTÂNCIAS PERMITIDAS

6.7.1. VITAMINA C

6.7.2. BRANCH CHAIN AMINO ACIDS

6.7.3. MALTODEXTRINA

6.7.4. VITAPLUS

6.7.5. CREATINA

6.8. MORTES NO FISICULTURISMO COM SUSPEITA DE ABUSO DE ESTEROIDES ANABOLIZANTES

6.8.1. ANDREAS MUNZER = INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

6.8.2. MIKE MENTZER = PARADA CARDÍACA

6.8.3. RAY MENTZER = PARADA CARDÍACA

6.8.4. NASSER EL SONBATY = INSUFICIÊNCIA RENAL

6.8.5. LARRY SCOTT = ALZHEIMER