Annelida

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Annelida por Mind Map: Annelida

1. Metâmeros, segmentados.

1.1. Polychaetas

1.1.1. Muitas cerdas

1.1.2. Parapódios

1.2. Oligochaeta

1.2.1. Poucas cerdas

1.2.2. Importância ecológica

1.3. Hirudinea

1.3.1. Ausência de cerdas

2. Entre 1mm e 3m

2.1. Divididos em anéis

2.1.1. Característica do filo

2.1.1.1. Duas classes

2.1.1.1.1. Polychaetas

2.1.1.1.2. Clitellata

3. Características gerais

3.1. Importância médica

3.2. Carnívoros, hematófagos ou se alimentam de detritos orgânicos

3.3. Simetria bilateral

3.4. Ambientes

3.4.1. Água doce

3.4.2. Água salgada

3.4.3. Solos úmidos

3.4.3.1. Fertilização e aeração do solo

3.5. Segmentado

3.5.1. Prostómio

3.5.1.1. Órgãos de sentido

3.5.2. Pigídio

3.5.2.1. Ânus e células com capacidade de diferenciação nos diversos tecidos

3.5.3. Peristómio

3.5.3.1. Boca

3.6. Triblástico

3.7. Protostômios

3.8. Celomados

3.9. Larva trocófora em seu desenvolvimento

3.10. Crescimento teoblástico

3.11. Dioicos ou hermafroditas

3.12. Homônomos ou heteronômos

4. Sistemas

4.1. Sistema respiratório

4.1.1. Respiração cutânea

4.1.1.1. Poliquetos podem ter brânquias

4.2. Sistema excretor

4.2.1. Nefrídios Nefróstomas Nefridióporos

4.2.1.1. Metabolizadas por metanefrídios, ou menos comumente por protonefrídios

4.3. Sistema circulatório

4.3.1. Fechado

4.3.2. Geralmente 2 vasos, oligoquetos possuem 3

4.3.2.1. Um dorsal e um ventral

4.3.2.1.1. Irradiações laterais

4.3.2.2. Pigmentos de hemoglobina, hemoeritrina e clorocruorina

4.4. Sistema digestório

4.4.1. Podem ser predadores, comedores de detritos ou parasitas

4.4.1.1. Os hirudíneos possuem cecos intestinais

4.4.1.1.1. Grande capacidade de armazenamento de sangue

4.4.1.2. Poliquetas predadores

4.4.1.2.1. Probóscide eversível com mandíbulas

4.4.1.3. Oligoquetas

4.4.1.3.1. Células cloragógenas

4.5. Sistema nervoso

4.5.1. Cérebro ganglionar

4.5.1.1. Gânglio subesofágico com conectivos sub-entéricos

4.5.1.1.1. Estende pera todo a corpo em forma de gânglios

4.5.2. Em poliquetos

4.5.2.1. Cérebro dorsal situado no prostômio, dividido em 3 regiões

4.5.2.1.1. Região anterior: inervam os palpos

4.5.2.1.2. Região mediana: inervam os olhos, antenas, tentáculos e faringe

4.5.2.1.3. Região posterior: inervam os órgãos nucais

4.5.3. Em oligoquetos e hirudineas

4.5.3.1. Cordões nervosos quase sempre fusionados

4.5.3.1.1. Cérebro um pouco mais posterior

4.5.3.2. Cordões ventrais separados em algumas áreas, porém com gânglios unidos

5. Reprodução

5.1. Poliquetos

5.1.1. Assexuada por epiroquia

5.1.1.1. Um átoco da origem a um epítoco

5.1.1.1.1. A formação do epítoco pode ser por

5.2. Citellata

5.2.1. Hemafroditas

5.2.1.1. Genóporos de um encostados as espermatecas da outra, possibilitando a transferência de espermatozóides

5.2.1.1.1. Dois indivíduos fertilizados

5.2.2. Diferença entre Oligochaetas e Hirudíneas

5.2.2.1. Oligochaeta

5.2.2.1.1. O casulo recebe os gametas, a fertilização na matriz de albumina dentro do casulo formando os zigotos

5.2.2.2. Hirudíneas

5.2.2.2.1. Fertilização ocorre no gonóporo feminino, os zigotos são transportados para dentro do casulo