As muitas facetas da alfabetização (Magda Soares)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
As muitas facetas da alfabetização (Magda Soares) por Mind Map: As muitas facetas da alfabetização (Magda Soares)

1. 1. O conceito de alfabetização

1.1. "processo de aquisição do código escrito, das habilidades de leitura e escrita." (p, 15)

1.2. "a alfabetização é um processo de representação de fonemas em grafemas, e vice-versa, mas é também um processode compreensão/expressão de significados por meio do código escrito." (p. 16)

2. 2. A natureza do processo de alfabetização

2.1. "não é uma habilidade, é um conjunto de habilidades, o que a caracteriza como um fenômeno de natureza complexa, multifacetado." (p. 18)

2.2. Perspectivas psicológicas; psicolinguística, sociolinguística e linguísitica.

2.3. Perspectiva psicológica: estudam-se os processos psicológicos envolvidos no processo de alfabetização e na aqusição da leitura e da escrita.

2.4. psicolinguísticos: voltam-se para a análisede problemas, como: relações entre linguagem e memórica, caracterização da maturidade linguistíca da criança, dentre outros.

2.5. sociolinguística: "a alfabetização é vista como um processo estreitamente relacionado com os usos sociais da língua." (p.20)

2.6. Perspectiva Linguística: transferência da sequência temporal da fala para senquência espaço-temporal da escrita e tranferência da forma sonora da fala para a forma gráfica da escrita

3. 3. Condicionantes do processo de alfabetização

3.1. O fracasso não se aplica apenas a complexidade do processo de alfabetização;

3.2. "o processo de alfabetização, na escola,sofre, talvez mais que qualquer outra aprendizagem escolar, a marca da descriminação em favor das classes sociais economicamente privilegiadas." (p. 22)

3.3. "A escola valoriza a língua escrita e censura a língua espontânea que se afaste muito dela" (p. 22). Os preconceitos linguísticos e culturais existentes no contexto escolar, afeta significativamente o processo de aprendizagem das crianças pertencentes a classes populares.

3.4. Além da complexidade da natureza e de suas muitas facetas, é preciso acrescentar ao processo de alfabetização os fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que o condicionam.

4. 4. Implicações educacionais

4.1. As diversas facetas do processo de alfabetização devem estar articuladas nos métodos e procedimentos de ensinar a ler e a escrever, e também no material didático para alfabetização.

4.2. Outras implicações relacionadas ao material didático: regionalização da cartilha; a convêniencia ou não da elaboração de material didático e programas específicos para a região rural, e outros relacionados ao contexto em que a criança a ser alfabetizada esteja inserida.

4.3. O alfabetizador precisa estar preparado para exercer sua função lidando com toda a complexida, todas as facetas, todos os condicionantes e implicações do processo de alfabetização.