Pesquisa intrapsiquica em psicodrama

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Pesquisa intrapsiquica em psicodrama por Mind Map: Pesquisa intrapsiquica em psicodrama

1. No inicio da psicoterapia: há um cliente que tem uma falha no seu desenvolvimento psicológico, com todas as dificuldades que isso acarreta.

2. Estando os seis itens citados no inicio do texto, preenchidos só resta ao psicoterapeuta iniciar a pesquisa sistematica e organizada(relatos,desejos)

3. A pergunta mais iportante é por onde comecar? Pela angustia.

4. A angustia é um sintoma emergente de todas as situacoes conflitivas do psiquismo do individuo e é a porta de entrada para pesquisar falhas e bloqueios do desenvolvimento psicologico.

5. A angustia pode aparecer nas sessões como relato, junto a afetos. E possui três tipos básicos de angustia: angustia existencial, angustia patológica, angustia circunstancial.

6. O terapeuta também esta sujeito as angustias, podendo compartilhar com o cliente da angustia existencial. Mas não podendo compartilhar da angustia circunstancial.

7. frente a angustia patológica o terapeuta nem deve compartilhar nem orientar mas sim tratar.

8. O terapeuta trata da angustia existencial/circunstancial como se fosse patológica.

9. O trabalho horizontal é um tipo de dramatização ou simplesmente verbalização em que se visa a descarga de afetos.

10. O trabalho vertical visa principalmente identificar e evidenciar os determinantes psíquicos que levaram a essa situação da tensão intranúcleo.

11. Angustia- trabalho horizontal: consiste em possibilitar ao cliente que desabafe essa angustia.

12. Angustia- trabalho vertical: no trabalho vertical a angustia esta sempre relacionada com uma situacao de vida nao resolvida.

13. Patrícia de Lima Pereira.

14. Teorias e praticas psicoterapicas humanistas