Instituições e Consórcios de Computação

Mapa de instituições e consórcios de computação

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Instituições e Consórcios de Computação por Mind Map: Instituições e Consórcios de Computação

1. Instituições Formais

1.1. ACM

1.1.1. Informações

1.1.1.1. Ano de criação: 1947

1.1.1.2. Site da organização: https://www.acm.org/about-acm/about-the-acm-organization

1.1.1.3. Membros: Quase 100 mil em 2019

1.1.1.3.1. Educadores

1.1.1.3.2. Pesquisadores

1.1.1.3.3. Profissionais da computação

1.1.1.3.4. Estudantes

1.1.1.3.5. Site: https://www.acm.org/membership/about-acm-membership

1.1.2. Objetivos

1.1.2.1. Inspirar diálogos

1.1.2.2. Compartilhar recursos

1.1.2.3. Enfrentar desafios de campo

1.1.3. Áreas de cobertura

1.1.3.1. Publicação de revistas internacionais

1.2. IEEE

1.2.1. Informações

1.2.1.1. Ano de criação: 1884

1.2.1.2. Site da organização : ieee.org

1.2.1.3. Membros

1.2.1.3.1. Engenheiros

1.2.1.3.2. Ciêntistas

1.2.1.3.3. Profissionais aliados

1.2.1.3.4. Site: https://www.ieee.org/membership/join/index.html

1.2.2. Objetivos

1.2.2.1. Atender profissionais relacionados à ciência e tecnologia

1.2.2.2. Promover a inovação tecnológica e o benefício da humanidade.

1.2.3. Áreas de cobertura

1.2.3.1. Compartilhamento de conhecimento

1.2.3.2. Buscar padrões práticos para aplicação da engenharia e tecnologia

1.2.3.3. Ser fonte de serviços educacionais

1.2.3.4. Oferecer oportunidades de carreira e desenvolvimento profissional

1.3. ISO

1.3.1. Informações

1.3.1.1. Ano de criação: 1947

1.3.1.2. Site: https://www.iso.org

1.3.1.3. Membros: 164

1.3.1.3.1. Efetivos

1.3.1.3.2. Plenos

1.3.1.3.3. Correspondentes

1.3.1.3.4. Assinante

1.3.1.3.5. Site: https://www.iso.org/members.html

1.3.2. Objetivos

1.3.2.1. Padronizar os países através de normas técnicas, normas internacionais em diversas áreas.

1.3.3. Áreas de cobertura

1.3.3.1. Age em 162 países

1.3.3.2. Normas Técnicas

1.3.3.3. Classificações

1.3.3.4. Normas de Procedimento

1.4. ABNT

1.4.1. Informações

1.4.1.1. Ano de criação: 1940

1.4.1.2. Site: www.abnt.org.br

1.4.1.3. Membros: 37

1.4.1.3.1. Coletivo

1.4.1.3.2. Individual

1.4.1.3.3. Site: www.abnt.org.br/associe-se/seja-um-associado

1.4.2. Objetivos

1.4.2.1. Órgão responsável pela normalização técnica do Brasil

1.4.3. Áreas de cobertura

1.4.3.1. Trabalha em sintonia com governos e com a sociedade

1.4.3.2. Contribui para a implementação de políticas públicas

1.4.3.3. Promove desenvolvimento de mercados

1.4.3.4. Defesa dos consumidores e segurança de todos os cidadãos

1.4.4. Comitê do Trabalho nº21

1.4.4.1. Objetivo

1.4.4.1.1. Normalização no campo de computadores e processamento de dados

1.4.4.2. Áreas de cobertura

1.4.4.2.1. Automação

1.4.4.2.2. Controle de acesso por bilhetes codificados

1.4.4.2.3. Automação e informática na geração, transmissão e distribuição de dados

1.4.4.2.4. Segurança em instalações de informática

1.4.4.2.5. Técnicas criptográficas

1.4.4.2.6. Gerenciamento em OSI

1.4.4.2.7. Protocolo de níveis interiores e cabos e conectores para redes locais

1.4.4.3. Site: www.abnt.org.br/cb-21

1.5. SEI

1.5.1. Informações

1.5.1.1. Ano de criação: 1984

1.5.1.2. Site: https://www.sei.cmu.edu/

1.5.1.3. Membros: mais de 30.000

1.5.1.3.1. Site: https://www.asce.org/structural-engineering/sei-membership/

1.5.1.3.2. Estudante integral

1.5.1.3.3. SEI/ASCE

1.5.1.3.4. Membro individual

1.5.2. Objetivos

1.5.2.1. Apoiar a defesa do país (EUA) por avançar a ciência, tecnologias, e práticas necessárias para adquirir, desenvolver, operar, e sustentar um software inovador, acessível, confiável e duradouro

1.5.3. Áreas de cobertura

1.5.3.1. Melhoramento de software, através da automações, testes de vulnerabilidade, e segurança de software

2. Consórcios

2.1. OMG

2.1.1. Informações

2.1.1.1. Ano de criação: 1989

2.1.1.2. Site: https://www.omg.org/

2.1.1.3. Membros: 267

2.1.1.3.1. Contribuintes

2.1.1.3.2. Domínio

2.1.1.3.3. Plataforma

2.1.1.3.4. Influentes

2.1.1.3.5. Governo

2.1.1.3.6. Avaliação

2.1.1.3.7. Analistas

2.1.1.3.8. Universidade

2.1.2. Objetivos

2.1.2.1. Desenvolver padrões de tecnologia que forneçam valor no mundo real para milhares de indústrias verticais

2.1.3. Áreas de cobertura

2.1.3.1. Padrões de modelagem

2.1.3.1.1. Unified Modeling Language (UML)

2.1.3.1.2. A Model Driven Architecture (MDA)

2.1.3.2. Hospedagem de organizações

2.1.3.2.1. Consortium for Information & Software Quality (CISQ)

2.1.3.2.2. DDS Foundation

2.1.3.2.3. BPM + Health

2.1.3.3. Gerenciamento

2.1.3.3.1. Industrial Internet Consortium (IIC)

2.1.3.3.2. Industry IoT Consortium

2.2. OSF, atualmente a The Open Group

2.2.1. Informações

2.2.1.1. Ano de criação: 1988, em 1996 se fundiu e se tornou a The Open Group

2.2.1.2. Site: https://www.opengroup.org/

2.2.1.3. Membros: mais de 600

2.2.1.3.1. Platinum

2.2.1.3.2. Gold

2.2.1.3.3. Silver

2.2.1.3.4. Acadêmicos

2.2.1.3.5. Consórcios

2.2.1.3.6. Site com a lista de membros: Open Group Membership Report

2.2.2. Objetivos

2.2.2.1. O Open Group é um consórcio global que permite alcançar os objetivos de negócios por meio de padrões de tecnologia.

2.2.3. Áreas de cobertura

2.2.3.1. O Open Group oferece uma metodologia eficaz para formar e governar iniciativas de padrões e desenvolver programas de padrões e certificação

2.2.3.2. Desenvolve programas de certificação

2.2.3.3. Iniciativas de padrões para a Indústria

2.2.3.4. Suítes de teste

2.2.3.4.1. UNIX

2.2.3.4.2. POSIX

2.2.3.4.3. Sistemas embarcados

2.2.3.4.4. etc.

2.3. W3C

2.3.1. Informações

2.3.1.1. Ano de criação: 1994

2.3.1.2. Site: https://www.w3.org/

2.3.1.3. Membros: 438

2.3.1.3.1. Todo tipo de organização e indivíduos

2.3.1.3.2. Site: https://www.w3.org/Consortium/Member/List

2.3.2. Objetivos

2.3.2.1. Padronizar a World Wide Web

2.3.3. Áreas de cobertura

2.3.3.1. Desenvolvimento de protocolos e fóruns abertos

2.3.3.2. Padronização de sites

2.4. WfMC

2.4.1. Informações

2.4.1.1. Ano de criação: 1993

2.4.1.2. Site: https://www.wfmc.org/

2.4.1.3. Membros: mais de 30.000

2.4.1.3.1. Patrocinador da Asociação

2.4.1.3.2. Membro Individual

2.4.1.3.3. Membro Observador

2.4.1.3.4. Site: https://www.wfmc.org/membership

2.4.2. Objetivos

2.4.2.1. O WfMC desenvolve padrões relacionados a processos, educa o mercado sobre questões relacionadas e é a única organização de padrões que se concentra apenas nos processos de negócios.

2.4.3. Áreas de cobertura

2.4.3.1. Criação de padrões

2.4.3.1.1. BPM

2.4.3.1.2. BPSim

2.4.3.1.3. BPAF

3. Outros

3.1. SBC

3.1.1. Informações

3.1.1.1. Ano de criação: 1978

3.1.1.2. Site: https://www.sbc.org.br/

3.1.1.3. Membros: 70

3.1.1.3.1. Associados fundadores

3.1.1.3.2. Associados efetivos

3.1.1.3.3. Associados honorários

3.1.1.3.4. Associados institucionais

3.1.1.3.5. Associados estudantes

3.1.1.3.6. Associado efetivo professor de educação básica

3.1.1.3.7. Site: https://www.sbc.org.br/institucional-3/associados-institucionais/send/213-associados-institucionais-e-fundadores/1249-lista-associados-institucionais

3.1.1.3.8. Site: https://www.sbc.org.br/institucional-3/associados-institucionais/send/213-associados-institucionais-e-fundadores/1250-lista-associados-fundadores

3.1.2. Objetivos

3.1.2.1. Fomentar o acesso à informação e cultura por meio da informática, promover a inclusão digital, incentivar a pesquisa e o ensino em computação no Brasil, e contribuir para a formação do profissional da computação

3.1.3. Áreas de cobertura

3.1.3.1. Incentiva ensino, pesquisa e desenvolvimento em computação no Brasil

3.1.3.2. Incentiva a responsabilidade profissional

3.1.3.3. Promove, através de meios acadêmicos, o conhecimento, informação e divulgação da ciência da computação

3.2. SOFTEX

3.2.1. Informações

3.2.1.1. Ano de criação: 1996

3.2.1.2. Site: www.softex.br

3.2.1.3. Membros: 25

3.2.1.3.1. Parceiros

3.2.2. Objetivos

3.2.2.1. Promover o desenvolvimento do Brasil por meio da inovação.

3.2.2.2. Ser percebido como instituição-chave no desenvolvimento do país por meio da inovação.

3.2.2.3. Articular e coordenar esforços públicos e privados para gerar impacto positivo na vida das pessoas por meio da inovação.

3.2.3. Áreas de cobertura

3.2.3.1. Desenvolvimento de ações para promover a melhoria da competitividade da Indústria Brasileira de Software e Serviços de TI

3.2.3.2. Educação

3.2.3.3. Inovação