Nise: O Coração da Loucura

Mapa mental sobre o filme Nise: O Coração da Loucura

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Nise: O Coração da Loucura por Mind Map: Nise: O Coração da Loucura

1. Frases

1.1. “Eu não acredito em cura pela violência.”

1.2. “A nossa obrigação é curar os pacientes e não passar a mão na cabeça deles para confortá-los.”

1.3. “O meu instrumento é o pincel. O seu é o picador de gelo!”

1.4. “Ele acha que sou homem.”

1.5. “A partir de hoje vamos evitar o termo ‘’paciente’’, nós estamos aqui a serviço dessas pessoas, nós que temos que ser pacientes, eles são nossos clientes.”

1.6. “É preciso não se contentar com a superfície.”

2. Temas relevantes abordados

2.1. • Hospitais psiquiátricos eram vistos como instrumento de separação e exclusão social, não tinham como meta a promoção da saúde.

2.2. • A forma violenta e desumana com que os funcionários do hospital psiquiátrico tratavam os pacientes.

2.3. • A forma totalmente acolhedora que Nise tratava seus clientes e o quanto isso contribuiu positivamente para a melhora deles ao longo do tempo.

3. Dados da História

3.1. Filme baseado em história real.

3.2. Filme se passa no Rio de Janeiro, na década de 1940.

3.3. Eletroconvulsoterapia, o choque insulínico e a lobotomia eram procedimentos considerados "modernos".

3.4. Nise revolucionou o tratamento mental no Brasil.

3.5. Foi pioneira ao enxergar o valor terapêutico da interação de pacientes com animais.

3.6. Filme produzido em 2015.

3.7. A luta diária para banir a forma violenta com que tratavam os pacientes.

4. Reflexões

4.1. • Nem sempre o método mais complexo ou mais “moderno” é a melhor opção, Nise optou pelo básico, pelo mais simples e focando totalmente nas necessidades de seus clientes e encontrou tratamentos eficazes para eles.

4.2. • Não importa qual seja o problema relatado pelo paciente, é preciso acolher e enxergar o paciente como um todo, deixando-o à vontade com relação a situação em questão.