Vias de Administração de Fármacos

Mapa Mental de Fármaco

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Vias de Administração de Fármacos por Mind Map: Vias de Administração de Fármacos

1. Uso Interno

1.1. - Via Oral- é a mais comum, onde os medicamentos são introduzidos pela boca, absorvidos na mucosa oral e mucosa gastrointestinal.

1.2. - Via Sublingual- fármacos colocados embaixo da língua e absorvidos diretamente por pequenos vasos sanguíneos da mucosa oral.

1.3. - Via Gastrointestinal

2. Trato Respiratório

2.1. - Mucosa Nasal

2.2. -Mucosa Traqueal e Brônquica

2.3. -Alvéolos Pulmonares

3. Pele

4. Regiões subcutânea, intramuscular e endovenosa

5. Mucosa Geniturinária

5.1. - Mucosa Vaginal

5.2. -Mucosa Uretral

6. Mucosa Conjuntival

7. Uso Externo

7.1. - Via Cutânea

7.2. - Via Retal- aplicação pelo reto com efeito sistêmico para tratamento de afecção intestinal

7.3. - Via Vaginal

7.4. - Via oftlamica

7.5. -Via Otológica

7.6. - Via Nasal

8. - Trato Gastrintestinal

8.1. -Mucosa Bucal

8.2. - Mucosa gástrica

8.3. - Mucosa do intestino Delgado

8.4. - Mucosa Retal

9. Uso Parenteral

9.1. - Via Cutânea (intradérmica)

9.2. - Injetáveis- Grandes Volumes e pequenos volumes

10. -Características

10.1. - Via Intravenosa ou endovenosa- fármaco direto na veia.

10.2. - Via Intramuscular- fármaco administrado através do músculo.

10.3. - Via subcutânea- fármaco administrado sobre a pele, camada hipodérmica e subdérmica.

10.4. - Via Intradérmica- fármaco administrado dentro da derme.

10.5. -Via inalatória- fármaco administrado através do sistema respiratório nasal ou oral.

10.6. - Via dérmica ou transdérmica - fármaco administrado por difusão , através da camada dérmica da pele para circulação sistemica.

11. -Farmacocinética

11.1. - Absorção

11.1.1. - Difusão passiva e espontânea a favor do gradiente

11.1.2. - Distribuição facilitada dos transportadores sem gasto de energia

11.1.3. - Transporte ativo- transportadores contra gradiente do fluxo envolvendo gasto de energia.

11.1.3.1. -Pinocitose- líquido

11.1.3.2. - Fagocitose - sólido

11.1.4. - A velocidade do transporte de substâncias através da membrana depende de : -espessura e composição da membrana; - características do fármaco, como forma molecular e coeficiente de participação de lipídio; -pH do meio onde se encontra.

11.2. - Biodisponibilidade

11.2.1. - Fatores que influenciam a biodisponibilidade : - biotransformação hepática; - solubilidade do fármaco; - características fisio-quimicas do fármaco.

11.2.2. - Fatores que afetam a distribuição : - lipossolibilidade; - perfusão ; - ligação as proteinas plasmáticas; - afinidade por tecidos.

11.3. - Distribuição

11.3.1. - Fatores que influenciam a ligação dos fármacos as proteínas plasmáticas: - concentração de fármaco livre; - afinidade de ligação; - concentração de proteína.

11.3.2. -Participação no tecido adiposo: - gorduras representam um local de acúmulo para fármacos lipossolúveis

11.3.2.1. - Drogas Hidrossolúveis

11.3.2.2. - Drogas Lipossolúveis

11.4. - Biotransformção

11.5. - Excreção