Educação na Antiguidade

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Educação na Antiguidade por Mind Map: Educação na Antiguidade

1. Grécia

1.1. Educação Grega

1.1.1. Dois modelos de educação

1.1.2. Atenas

1.1.2.1. Formação cultural aberta que valorizava o indivíduo e suas capacidades de construção do próprio mundo interior social.

1.1.2.2. Escravos, mulheres e estrangeiros não eram considerados cidadãos atenienses e, por isso, não participavam das decisões nas assembleias.

1.1.2.3. Cidadão ateniense: homens, casados, possuidores de bens em Atenas, filhos de pais atenienses.

1.1.2.4. Grande importância era dada para a educação física e intelectual.

1.1.2.4.1. A educação atenienses não era obrigatória e nem gratuita.

1.1.2.4.2. Poucos tinham acesso à educação.

1.1.2.4.3. Somente os que poderiam se dedicar ao "ócio criativo" poderiam receber essa educação integral.

1.1.2.4.4. Aos demais, restava o trabalho manual (muito desprezado pelos pensadores gregos).

1.1.2.5. Em Atenas surgiram as primeiras preocupações com a formação intelectual integral do homem, com a Paidéia.

1.1.3. Esparta

1.1.3.1. Em Esparta a terra pertencia ao Estado, que distribuía lotes aos cidadãos.

1.1.3.2. Grande investimento no preparo militar em decorrência da presença de escravos, o que poderia ameaçar o poder político.

1.1.3.3. Existência de três categorias sociais:

1.1.3.3.1. Espartanos: detinham o poder e dedicavam-se as atividades militares e negócios públicos.

1.1.3.3.2. Homens livres: cultivavam as terras e dedicavam-se ao comércio. Não possuíam direitos políticos.

1.1.3.3.3. Escravos: pertenciam ao Estado e trabalhavam nas terras públicas ou nos lotes dos espartanos.

2. Roma

2.1. Educação Romana

2.2. Até os sete anos a criança ficava sob os cuidados da mãe.

2.3. As meninas eram educadas para os trabalhos domésticos.

2.4. As crianças eram submetidas a um duplo regime: medindo pai e orientação ética da mãe.

2.4.1. As escolas eram divididas em:

2.4.2. Escolas elementares m:ler, escrever e contar .

2.4.2.1. Após esse período, o pai se encarregava da educação dos meninos.

2.4.3. Escolas secundárias ou de gramática: aprendia-se cultura nas suas diversas formas.

2.4.4. Escolas de retórica: estudo de textos literários, seus estiloso e treinamento para o declamativo, vários tipos de retórica eram estudados, discursou sobre exemplos morais, debates.

2.4.5. Escola gramática-retórica: ligada à classe dirigente para domínio social e escolhas políticos- militares.

2.4.6. Escolas técnicas, profissionalizante, relacionadas, relacionadas ao ofício e ao aprendizado de artes e ofícios.

2.4.6.1. As escolas cristãs

2.4.6.2. Surgimento de escolas cristã, ao mesmo tempo em que existiam as pagãs.

2.4.6.3. O objetivo era a formação dos futuros sacerdotes.

2.4.6.4. Escolas cristã resistiram à queda do Império Romano no século V.