PSICOLOGIA JURÍDICA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
PSICOLOGIA JURÍDICA por Mind Map: PSICOLOGIA JURÍDICA

1. Psicologia do Senso Comum

1.1. Sistema de convicções culturalmente transmitidas a respeito do comportamento e das experiências

1.2. pessoais humanas e suas causas

1.3. conjunto de teorias que cada pessoa tem a respeito de como o ser humano funciona

2. Psicologia Científica

2.1. Trata-se da ciência que estuda os processos mentais através de três dimensões: cognitiva, afectiva e comportamental

2.2. Definida pelo seu método científico como critério máximo de verdade e progresso. Já a reflexão especulativa fica considerada em segundo plano

3. Psicologia como Profissão

3.1. O exercício da profissão está relacionado ao uso exclusivo dos psicólogos métodos e técnicas da Psicologia para fins de diagnostico psicológico, orientação e seleção profissional, orientação psicopedagógica e solução de problemas de ajustamento.

3.2. Psicólogo estuda os fenômenos psíquicos e de comportamento do ser humano por intermédio da análise de suas emoções, suas ideias e seus valores. Ele diagnostica, previne e trata doenças mentais, distúrbios emocionais e de personalidade

4. Psicologia Jurídica

4.1. É uma vertente de estudo da Psicologia que busca aplicar conhecimentos e conceitos teóricos da área às situações com as quais o Direito se preocupa, em geral ilegalidades e infrações.

4.2. Para seguir carreira, é necessário que o profissional obtenha o registro junto ao Conselho Federal de Psicologia (CFP) e se dedique a um curso de especialização em Psicologia Jurídica que dura entre 18 e 24 meses, a depender da instituição de ensino

4.3. Trata-se de um segmento bastante importante para a solução de diversos conflitos no Poder Judiciário e também para o auxílio no desenvolvimento de políticas relacionadas aos Direitos Humanos