Aguá sanitária

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Aguá sanitária por Mind Map: Aguá sanitária

1. Concentração

1.1. A concentração da água sanitária varia de 2 a2,5% de cloro ativo (20 a 25 g/l).O teor de cloro ativo tende a diminuir com o tempo, e essa tendência se acelera se a água sanitária for guardada de forma incorreta.

2. composição química

2.1. A expressão água sanitária refere-se, portanto, a um produto químico, líquido, resultante da diluição em água do produto industrial hipoclorito de sódio.

2.2. Sua fórmula

2.2.1. NaClO. Sua concentração de cloro ativo situa-se na faixa de 15 %

3. Cuidados com o Manuseio

3.1. Cuidados simples no manuseio da água sanitária tornam seu uso extremamente seguro. Prova disso está na sua ampla utilização pelo público consumidor.

3.2. Manter a embalagem fechada e em local ventilado e protegida do sol

3.3. Manter o produto dentro da embalagem original, que deve ser mantida sempre fechada, para evitar a evaporação de cloro

3.4. Manter a embalagem fora do alcance de crianças e do acesso de animais domésticos

3.5. Não usar a água sanitária misturada com outros produtos

3.6. Não aplicar água sanitária sobre ambientes recentemente limpos com amoníaco (menos de uma hora antes)

3.7. Não aplicar água sanitária em ambientes em que existam poças ou acúmulo de ácidos, pois pode ocorrer exalação de gás cloro. Do mesmo modo, não se deve misturar água sanitária com ácidos

3.8. Em ambientes muito fechados e, portanto, com pouca ventilação, depois da limpeza com água sanitária é preciso evitar o acesso ao ambiente (de humanos ou animais) por pelo menos uma hora

3.9. No caso de se jogar água sanitária no vaso sanitário, aguardar por pelo menos 30 minutos antes de acionara descarga.

4. Aplicações

4.1. Ação alvejante (branqueadora)

4.1.1. Em função do oxigênio nascente, a água sanitária tende a branquear peças que tenham contato com ela.

4.2. Ação bactericida

4.2.1. Quando adicionada a um meio, a água sanitária tem a capacidade (pela ação do cloro) de eliminar com enorme eficiência os micro-organismos alí presentes

4.3. Ação desodorizante

4.3.1. utilizadas em ambientes onde exista decomposição de matéria orgânica, as águas sanitárias eliminam totalmente seu odor.

4.3.2. A água sanitária contém cloro e oxigênio, substâncias responsáveis pelas ações de oxidação e desinfecção, que na prática consistem em:•Branqueamento•Desinfeção•Desodorização

5. Características físico químicas

5.1. Água sanitária é o produto da diluição em água do hipoclorito de sódio.Hipoclorito de sódioProduto mineral resultante de produção industrial. É produzido a partir da reação de gás cloro misturado com solução de hidróxido de sódio (soda cáustica).

6. Ação oxidante

6.1. A ação oxidante da água sanitária resulta de parte do oxigênio e a ação bactericida é proveniente do cloro ativo existente no produto.O cloro ativo é medido como equivalente à ação do cloro molecular.

7. Principais Termos e Nomenclaturas da Água Sanitária

7.1. Água sanitária Água de lavadeira Hipo Cloro líquido Água de Javel Líquido de Dakin Super Candida e Candida Q ́Boa

8. expressões de concentração de cloro nas águas sanitárias e nos seus usos

8.1. O Cloro Ativo

8.1.1. Nem todo o cloro existente na água sanitária tem ação bactericida, que é a ação que interessa no uso desse produto. Logo, o importante é se saber sempre o teor de cloro denominado cloro ativo. A determinação do cloro ativo é um procedimento padronizado de laboratório, cuja explicação extrapola os limites desta apresentação. As águas sanitárias Super Candida e Q’Boa são comercializadas com teores de cloro ativo de 2,0 a 2,5%, ou seja: a embalagem de 1 litro de água sanitária provê de 20 a 25 g de cloro.

8.2. Cloro residual livre

8.2.1. técnicas de desinfecção de águas de abastecimento. Depois de se adicionar água sanitária a uma água que vai ser ingerida, parte do cloro ativo combina-se com eventuais substâncias orgânicas da água e/ou substâncias redutoras.Restará uma pequena quantidade de cloro, que servirá de reserva, se acontecer dessa água sofrer alguma poluição

8.3. Demanda de cloro

8.3.1. Tomemos como exemplo uma água de fonte que vai receber adição de água sanitária. Parte do cloro ativo adicionado a essa água propicia as ações de oxidação. A quantidade de cloro ativo aplicada nessas reações é denominada de demanda de cloro. Após a aplicação da água sanitária, e terminadas as reações de cloração, esgota-se a demanda de cloro da água. O cloro ativo que persistir é denominado cloro disponível