como evitar a invasão das redes saciais

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
como evitar a invasão das redes saciais por Mind Map: como evitar a invasão das redes saciais

1. Outras dicas incluem não criar senhas fáceis, não usar a mesma senha em vários serviços, ativar a verificação em duas etapas quando possível (ou seja, receber um código por SMS ou aplicativo para entrar no serviço) e tomar cuidado com redes Wi-Fi gratuitas (muitas podem capturar os dados do seu dispositivo).

2. Um cuidado que pode ajudar a evitar que seu Facebook (ou Instagram, Twitter, LinkedIn, entre outras redes sociais) seja hackeado é usar celulares mais recentes. Eles têm sistemas operacionais mais atuais e, portanto, são menos suscetíveis a falhas de segurança antigas.

3. Como se proteger de invasão de redes sociais? Como dito no início, nada é 100% seguro, mas alguns cuidados simples podem diminuir bastante as chances de você ser vítima de crimes virtuais. Começa por ter muito cuidado com links que chegam por e-mail, WhatsApp e afins. Eles podem levar a vírus que capturam senhas e outros dados.

4. Já reparou que você não precisa fazer login toda vez que acessa o Facebook por aplicativo ou navegador? Isso é possível porque o serviço guarda seus dados de login em um conjunto de informações chamados token. Pois bem, no ataque, os invasores tiveram acesso a tokens de 50 milhões de contas.

5. Trocar suas senhas periodicamente, usar antivírus no computador e só instalar softwares ou aplicativos bem avaliados ou conhecidos também ajuda muito na segurança.

6. Evitar dar acesso a outras apps: é muito provável que as redes sociais que temos instaladas nos nossos smartphones nos peçam permissão para aceder aos nossos dados de alguma outra aplicação associada.

7. Atualizar o sistema operacional do seu computador (como o Windows) ou usar smartphones mais recentes (dica dada mais acima) também é um bom cuidado para evitar a invasão de redes sociais, pois eles têm softwares mais atuais e, portanto, estão menos sujeitos a brechas de segurança.