Como fazer amigos e influenciar pessoas. DALE CARNEGIE

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Como fazer amigos e influenciar pessoas. DALE CARNEGIE por Mind Map: Como fazer amigos e influenciar pessoas. DALE CARNEGIE

1. Técnicas fundamentais para lidar com as pessoas

1.1. PRINCIPIO 1: não critique, não condene, não se queixe.

1.1.1. "Se eu e você quisermos evitar amanhã um ressentimento que poderá prolongar-se por décadas e durar até a morte, sejamos indulgentes e não critiquemos, pois assunto nenhum justifica a crítica."

1.2. PRINCIPIO 2: Aprecie honesta e sinceramente.

1.2.1. "Nao tenha medo dos inimigos que o atacam.Tenha medo dos amigos que o bajulam."

1.3. PRINCIPIO 3: Desperte um forte desejo na outra pessoa.

1.3.1. "Assim, o único meio existente na terra para influenciar uma pessoa é falar sobre o que ela quer e mostrar-lhe como realizar seu intento."

2. Seis maneiras de fazer as pessoas gostarem de você

2.1. PRINCIPIO 1: Torne-se verdadeiramente interessado na outra pessoa

2.1.1. "Você pode fazer amigos em dois meses, interessando-se pelas outras pessoas, do que em dois anos, tentando conseguir os interesses dos outros por você."

2.2. PRINCIPIO 2: Sorria

2.2.1. "Nada custa, mas cria muito. Enriquece os recebedores, sem empobrecer os doadores."

2.3. PRINCIPIO 3: Lembre-se que o nome de uma pessoa é para ela o som mais doce e importante que existe em qualquer idioma.

2.3.1. "Foi chamado Rei do Aço; entretanto, pessoalmente conhecia pouco da manufatura do aço.Tinham trabalhado para ele centenas de homens que conheciam muito mais sobre aço do que ele. Mas sabia como tratar os homens, e foi isso que o tornou rico."

2.4. PRINCIPIO 4: Seja um bom ouvinte. Incentive as pessoas a falarem sobre elas mesmas.

2.4.1. "Isso é claro como água não é? Você não precisa estudar quatro anos em Harvard para descobrir tal coisa. Entretanto, conheço, e você também, comerciantes que desejam alugar espaços caros, comprar seus artigos com economia, arrumar suas vitrines com arte, gastar centenas de dólares em propaganda, e contratam empregados que não possuem o senso necessário para ser bons ouvintes, empregados que interrompem constantemente os clientes, muitas vezes contradizendo-os, irritando-os, o que apenas consegue levá-los para longe da loja."

2.5. PRINCIPIO 5: "Fale coisas que interessem a outra pessoa."

2.5.1. "Todas as vezes que Roosevelt esperava um visitante, passava acordado até a tarde, na véspera, lendo sobre o assunto que sabia interessar particularmente seu hóspede."

2.6. PRINCIPIO 6: Faça a outra pessoa sentir-se importante e faça-o com sinceridade.

2.6.1. "Faça aos outros o que quer que os outros lhe façam."

3. Como conquistar as pessoas a pensarem do seu modo

3.1. PRINCIPIO 1: A única maneira de ganhar uma discussão é evitando-a.

3.1.1. "Um homem convencido contra a vontade conserva sempre a opinião anterior."

3.2. PRINCIPIO 2: Respeite a opinião dos outros, nunca diga: "você está enganado".

3.2.1. "Há uma magia, uma magia positiva em frases como esta:'posso estar errado. E frequentemente estou. vamos examinar os fatos.' Ninguém, mesmo que viva no céu ou mesmo nas águas ou debaixo da terra, se oporá a você, se disser: 'posso estar errado. Vamos examinar os fatos.'"

3.3. PRINCIPIO 3: Se estiver errado, reconheça o seu erro rápida e enfaticamente.

3.3.1. "Qualquer louco pode procurar justificar suas faltas, e muitos loucos fazem isso, mas reconhecer seus próprios erros, o que é muito raro, dá uma auréola de nobreza e exaltação."

3.4. PRINCIPIO 4: Comece de maneira amigável.

3.4.1. "O sol disse ao vento que a gentileza e a amizade eram sempre mais fortes que a fúria e a força."

3.5. PRINCIPIO 5: Consiga que uma outra pessoa diga "sim sim" imediatamente.

3.5.1. "O orador hábil consegue logo no início uma série de respostas afirmativas."

3.6. PRINCIPIO 6: Deixe a outra pessoa falar durante boa parte da conversa.

3.6.1. "Quanto a mim, falo das minhas conquistas apenas quando me pedem."

3.7. PRINCIPIO 7: Deixe que a outra pessoa sinta que a ideia é dela.

3.7.1. "A razão porque os rios e os mares recebem a homenagem de centenas de córregos das montanhas é que eles se acham abaixo deles. Desse modo podem reinar sobre todos os córregos e montanhas. Então o sábio, desejando estar acima dos homens, coloca-se abaixo deles."

3.8. PRINCIPIO 8: Procure honestamente ver as coisas do ponto de vista da outra pessoa.

3.8.1. "Só se alcança a cooperação numa conversa quando você demonstra que considera as ideias e os sentimentos da outra pessoa como tão importante quanto os seus próprios."

3.9. PRINCIPIO 9: Seja receptivo as ideias e desejos da outra pessoa.

3.9.1. "Comece dizendo: 'Eu não o condeno de jeito nenhum por pensar assim. Se eu estivesse no seu lugar, sem dúvida pensaria exatamente como você.'"

3.10. PRINCIPIO 10: Apele para os mais nobres motivos.

3.10.1. "Vocês sabem como são essas coisas, rapazes. Alguns de vocês têm filhos e sabem que muita publicidade é prejudicial ás crianças."

3.11. PRINCIPIO 11: Dramatize as suas ideias.

3.11.1. "A verdade tem que se tornar viva, interessante e dramática."

3.12. PRINCIPIO 12: Lance, com tato, um desafio.

3.12.1. "Eis o que toda pessoa de sucesso deseja: a luta, o desafio"

4. Seja um líder: como mudar as pessoas sem ofendê-las nem deixá-las ressentidas

4.1. PRINCIPIO 1: Comece com um elogio ou apreciação sincera.

4.1.1. "Começar com um elogio equivale ao dentista iniciar seu trabalho com novocaína. O paciente ainda receia, mas o anestésico é tiro e queda: nada de dor."

4.2. PRINCIPIO 2: Chame atenção para os erros da pessoa de maneira indireta.

4.2.1. "Dirigiu-se aos homens,deu um charuto a cada um e disse: 'eu gostaria rapazes que fossem fumar estes charutos do lado de fora.'"

4.3. PRINCIPIO 3: Fale sobre os seus erros antes de criticar os das outras pessoas.

4.3.1. "Não é tão difícil ouvir uma dissertação sobre suas faltas quando o acusador começa admitindo humildemente que ele também está longe de ser o infalível."

4.4. PRINCIPIO 4: Faça perguntas ao invés de dar ordens diretas.

4.4.1. "Existe alguma maneira de conduzirmos o trabalho de modo a atendermos o pedido?"

4.5. PRINCIPIO 5: Permita que a pessoa salve o seu próprio prestígio.

4.5.1. "Não o direito de dizer ou fazer qualquer coisa que humilhe o homem diante de si mesmo. O que importa não é o que penso dele, mas o que ele pensa de si mesmo. Ferir a dignidade de um homem é cometer um crime.'

4.6. PRINCIPIO 6: Elogie o menor progresso e elogie todo progresso; Seja "sincero na sua apreciação e pródigo no seu elogio".

4.6.1. "O elogio é como a luz do sol para o ardente espírito humano; sem ele, não florescemos nem crescemos. Mas enquanto muitos de nós estão preparados para soprar contra os outros o vento frio da crítica, de algum modo relutamos a dar ao próximo o aquecedor raio de sol do elogio."

4.7. PRINCIPIO 7: Proporcione a outra pessoa uma boa reputação para ela zelar.

4.7.1. "Shakespeare disse: ' finja uma virtude, se não a tiver.'"

4.8. PRINCIPIO 8: Empregue o incentivo. Torne o erro fácil de ser corrigido.

4.8.1. "Se você quer ajudar as outras pessoas a aperfeiçoarem, lembre-se do..."

4.9. PRINCIPIO 9: "Faça a pessoa sentir-se feliz realizando aquilo que você sugere."

4.9.1. "Há mais chances de as pessoas fazerem o que você quer quando você emprega o..."