Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
DRC por Mind Map: DRC

1. Fisiopatologia

1.1. Diminuição da atividade do Néfron

1.2. Redução do número de Nefrons funcionais

1.2.1. Distúrbios dos vasos sanguíneos

1.2.2. Distúrbios glomerulares

1.2.3. Distúrbios nos Túbulos

1.2.3.1. Nefrotoxinas

1.2.4. Distúrbios no interstício renal

1.2.5. Distúrbios no trato urinário

1.2.5.1. Calculos

2. Epidemiologia

2.1. Brasil

2.1.1. 1 em cada 10

2.1.2. 133 mil dependentes

2.1.2.1. 7% das cidades possuem dialise

2.1.2.2. Lei 155/2015

2.1.2.2.1. Não Aprovada

2.1.3. 2.3%

2.1.3.1. TFG<45 ml/min

2.1.3.1.1. 3B,4 e 5

3. Conceito

3.1. Alterações

3.1.1. TFG

3.1.1.1. Capacidade de eliminação

3.1.1.1.1. Inúmeras substâncias

3.1.1.2. Doenças

3.1.1.2.1. TFG diminui/n de nefrons

3.1.2. e/ou

3.1.2.1. Lesão Parenquimatosa

3.1.2.1.1. > ou = 3 meses

4. KDOQI

4.1. 3 Componentes básicos

4.1.1. Componente Anatômico ou estrutural

4.1.1.1. Marcadores de dano renal

4.1.1.1.1. Proteinúria

4.1.1.1.2. Hematúria glomerular

4.1.2. Componente Funcional

4.1.2.1. TFG

4.1.3. Componente Temporal

4.2. Portador

4.2.1. TFG< 60 mL/min/1,73m2

4.2.2. TFG > 60 mL/min/1,73m2

4.2.3. +

4.2.4. Proteinúria/3 meses

4.3. Estágios/Grau

4.3.1. 1

4.3.1.1. ≥ 90 + Proteinúria

4.3.2. 2

4.3.2.1. 60-89 + Proteinúria

4.3.3. 3A

4.3.3.1. 45-59 e Proteinúria/sim/não

4.3.4. 3B

4.3.4.1. 30-44 e Proteinúria/sim/não

4.3.5. 4

4.3.5.1. 15-29 e Proteinúria/sim/não

4.3.6. 5

4.3.6.1. <15 e Proteinúria/sim/não

5. Marcadores

5.1. Uréia

5.1.1. Pouco Específica

5.2. Depuração da Creatinina

5.2.1. Formula CG

5.2.1.1. Estimativa da TFG

5.2.2. Clearence de Creatinina*

5.2.2.1. Mensura a TFG quando associada

5.2.2.1.1. Excretada tanto TFG quanto TCP

5.3. Clearence de Inulina**

5.3.1. Não é secretada pelos túbulos

5.3.1.1. É reabsorvida e eliminada

5.4. Cístatina C

5.4.1. Marcador endógeno

5.4.1.1. TFG

5.4.1.1.1. Produção em todas as células nucleadas

5.4.1.2. Livremente filtrada no glomérulo

5.4.1.3. Reabsorvida e catabolizada pelas células epiteliais tubulares

5.4.2. Sensibilidade tendo em vista não depender do metabol muscular

5.4.2.1. Altera quando a TFG cai para 50-60% do normal

6. Causas

6.1. Distúrbios Metabólicos

6.1.1. DM

6.1.2. Obesidade

6.1.3. Amiloidose

6.1.4. Hipertensão

6.1.4.1. Bloqueadores de receptores de Angiotensina

6.1.4.1.1. BRA

6.1.4.2. Inibidores da enzima conversora de angiotensina

6.1.4.2.1. IECA

6.2. Distúrbios Vasculares Renais

6.2.1. Ateroscleros

6.2.2. Nefosclerose

6.3. Distúrbios Imunológicos

6.3.1. Glomerulonefrite

6.3.2. Poliartrite nodosa

6.3.3. Lupus

6.4. Distúrbios Tubulares Primários

6.4.1. Nefrotoxinas

6.5. Obstrução do Trato Urinário

6.5.1. Cálculos renais

6.5.2. Hipertrofia da próstata

6.5.3. Compressão uretral

6.6. Distúrbios Congênitos

6.6.1. Hipoplásia renal

6.6.2. Doença policística