Lúpus eritematoso sistêmico (LES)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Lúpus eritematoso sistêmico (LES) por Mind Map: Lúpus eritematoso sistêmico (LES)

1. Descrição da doença Lúpus =Lobo Eritematoso = Vermelhidão Sistêmico= Todo

2. Essa pessoas que tem LES, desenvolve anticorpos que reagem contra as suas células normais, afetando a pele, articulções,rins,coração e pulmões, onde elas mesma se tornam alergica a si mesma, o que caracteriza doença auto-imune.

3. Doença croônica desconhecida, onde se compromete o sistema imunológico, onde predominante no sexo feminino.

4. Eritema Malar

5. É muito comum que a pessoa apresente manifestações gerais como cansaço, desânimo, febre baixa (mas raramente, pode ser alta), emagrecimento e perda de apetite. As manifestações podem ocorrer devido à inflamação na pele, articulações (juntas), rins, nervos, cérebro e membranas que recobrem o pulmão (pleura) e o coração (pericárdio).

6. Artrite

7. Sintomas

8. Fotossensibilidade

9. Lesão discóide

10. Úlceras orais/nasais

11. Serosite

12. Comprometimento renal

13. Alteração neurológica, Hematológica e imunológica.

14. Anticorpos antinucleares

15. Imunidade : o sistema imune e regulado por combinações de células Brancas do sangue e por algumas substâncias solúveis produzidas.

16. Anticorpos antinúcleo (FAN) Positiva na maioria dos pacientes com LES e em outras doenças do colágeno.

17. Anticorpos anti-Sm – Positiva somente em pacientes com LES.

18. – Anticorpos anti-DNA de dupla hélice – Concentrações altas características de LES.

19. – Anti-SSA e anti-SSB – Podem estar positivos.

20. Urinálise – Pode mostrar sangue, cilindros ou proteínas.

21. Hemograma – Anemia com diminuição das contagens de leucócitos e plaquetas (comuns)

22. Fator reumatoide – Pode ser positivo

23. Eletroforese de proteínas – Aumento da gamaglobulina

24. Velocidade de hemossedimentação – Aumentada por causa da inflamação

25. Proteína C reativa – Elevada por causa da inflamação

26. VDRL – Pode ser falso positivo

27. Crioglobulinas – Com frequência são positivas; as crioglobulinas são proteínas plasmáticas anormais que se precipitam com o frio, podendo bloquear vasos sanguíneos.

28. C3 – fração 3 do complemento – Com frequência apresenta-se diminuída, o que pode ocorrer também em algumas infecções

29. Exames da coagulação, como PTT – Autoanticorpos podem prejudicar a coagulação

30. Os exames laboratoriais:

31. Tem 3 tipos de células envolvidas no controle da resposta imune

32. Linfócito B produtores de anticorpo.

33. Linfócito T macrófago

33.1. Linfócito T que estimula a produção de anticorpos são chmados de T auxiliadores e que reprimem são o T supresssor.

34. tratamento

35. Embora não haja cura para o lúpus, os tratamentos atuais procuram melhorar a qualidade de vida pelo controle dos sintomas e pela diminuição das crises. Isso começa com modificações no estilo de vida, incluindo dieta e proteção contra o sol.

36. Outras medidas de controle da doença incluem medicamentos, como anti-inflamatórios e esteroides.

37. medicamentos: não existem progrmas iguais para todos os paciente , depende da evolução da LES, mas as drogas usada são : imunossupressores corticóide antiinflamatório não esteroidais antimalaricos