FORÇAS INTERMOLECULARES: As Forças Intermoleculares são interações que temos entre uma molécula e...

Forças Intermoleculares

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
FORÇAS INTERMOLECULARES: As Forças Intermoleculares são interações que temos entre uma molécula e outra. por Mind Map: FORÇAS INTERMOLECULARES: As Forças Intermoleculares são interações que temos entre uma molécula e outra.

1. 1. Força Intermolecular Dipolo Induzido: é uma interação que acontece entre moléculas apolares (molécular cujo o polo resultante é igual a zero) e é o único tipo de atração entre essas moléculas. Aqui, ocorre a indução da formação desse dipolo inexistente nessa molécula apolar, nisto, se formam os dipolos. A interação ocorre da seguinte forma: as moléculas se aproximam, e como suas nuvens eletrostáticas tem uma carga negativa sendo predominante, elas irão se repelir e ocorre uma repulsão eletrônica, que faz com que essas nuvens eletrônicas se distorçam, levando a polarização. O lado onde ocorreu essa polarização fica com uma deficiência de elétrons e fique com uma carga positiva parcial. Isso forma a interação entre essas moléculas, por uma ter um polo positivo, enquanto a outra molécula tem seu polo parcialmente positivo (os opostos se atraem)

2. 2. Força Intermolecular Dipolo Permanente: ocorre entre moléculas polares (polar resultante é diferente de zero), é considerada uma interação de força intermediária e pode ser chamadas de ligações dipolo-dipolo. Além disso, nesse tipo de ligação, as moléculas polares interagem de maneira que os polos opostos sejam preservados. Ela ocorre de maneira que, como a molécula já é polar (com polos positivo e negativo), ela não precisa passar pelo processo de polarização como o Dipolo Induzido. Com esse processo de polarização já sendo existente, as moléculas se aproximam e ocorre essa interação entre moléculas, pois o polo parcialmente positivo se aproxima do polo parcialmente negativo (os opostos se atraem)

3. 3. Força Intermolecular Íon-dipolo: acontece uma interação muito forte entre um composto iônico + composto polar (interação particular). Ela acontece quando uma ligação iônica interage com uma ligação covalente (dipolo permanente). Ela ocorre de forma que: ocorre uma dissociação iônica, onde os íons serão envolvidos por moléculas de água (H2O) - processo chamado de SOLVATAÇÃO - e ocorre a interação íon-dipolo. O polo positivo do composto iônico interage com o polo negativo da água (O) e o polo negativo da molécula polar interage com os polos positivos da água (H). Essas forças são de tamanha intensidade que geram como consequência, as propriedades coligativas.

4. 2.1: Ligação de Hidrogênio: ocorre por Dipolo Permanente e se destaca mais, por não ser comum e ser mais forte que os demais. Sendo assim, é quando tem um hidrogênio (H) ligado a: Flúor (F) ou Oxigênio (O) ou Nitrogênio (N). Ela é mais intensa pois devido a maior polaridade de suas moléculas, torna-se um dipolo permanente mais intenso, mais forte que o normal. O polo positivo de qualquer molécula sempre será no átomo menos eletronegativo e, o polo negativo sempre no átomo mais eletronegativo. O polo positivo interage com o polo negativo (interação).