Alunos - Escola: Municipal Diderot Alves da Rocha Loures - Ensino Fundamental

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Alunos - Escola: Municipal Diderot Alves da Rocha Loures - Ensino Fundamental por Mind Map: Alunos - Escola: Municipal Diderot Alves da Rocha Loures - Ensino Fundamental

1. OBJETIVOS DO ESTABELECIMENTO

1.1. LDB

2. I – MARCO SITUACIONAL

2.1. OFERTA DE ENSINO

2.1.1. Ensino Fundamental – Fase I

2.1.2. Educação Integral – Jornada ampliada:

2.2. HISTÓRICO DO ESTABELECIMENTO

2.3. A ORGANIZAÇÃO DOS TEMPOS, ESPAÇOS E A GESTÃO DE SALA DE AULA

2.3.1. Espaço escolar: 10 turmas no ensino regular; 411 alunos; 1 biblioteca, 1 laboratório de informática, 1 sala de acompanhamento pedagógico, 1 parque infantil, 2 pátios cobertos, 1 quadra de esportes coberta e uma brinquedoteca

2.3.2. Equipe Pedagógica e Administrativa

2.3.2.1. Composta pelo diretor, 4 pedagogas e 33 professores

2.3.2.2. 8 auxiliares de serviços gerais, 04 auxiliares de cozinha

2.3.3. Estágio Supervisionado

2.3.3.1. OBJETIVOS

2.3.3.2. CONCEPÇÃO

2.3.3.3. CONTEXTUALIZAÇÃO CURRICULAR

2.3.3.4. OPERACIONALIZAÇÃO

2.3.3.5. ACOMPANHAMENTO DO ESTÁGIO E AVALIAÇÃO

2.4. COMUNIDADE EM QUE ESTÁ INSERIDA

2.4.1. características socioeconômico-cultural da comunidade

2.5. REGIME ESCOLAR

2.5.1. Constituição Federal

2.5.2. Estatuto da Criança e do Adolescente: ( Lei nº 8.069/90)

2.6. INDICADORES EDUCACIONAIS OBSERVADOS NAS AVALIAÇÕES EXTERNAS

2.6.1. Prova Brasil

2.6.2. Prova Paraná

2.7. ORGANIZAÇÃO DO PROCESSO AVALIATIVO DO ENSINO FUNDAMENTAL

2.7.1. FREQUÊNCIA x AVALIAÇÃO

3. II – MARCO CONCEITUAL

3.1. PRINCÍPIOS NORTEADORES DA EDUCAÇÃO

3.1.1. PRINCÍPIOS DIDÁTICO PEDAGÓGICOS

3.1.1.1. Princípios de Gestão Democrática

3.1.1.2. Concepção de Currículo

3.1.1.3. Conceito de Tecnologias e sua Utilização na Educação

3.1.1.4. Processo Ensino-Aprendizagem

3.1.1.5. A articulação entre ações de Cuidar e Educar

3.1.1.6. Alfabetização e Letramento

3.1.1.7. Concepção de Avaliação

3.1.1.8. Princípios Éticos, Políticos e Estéticos

3.1.2. FILOSOFIA DO ESTABELECIMENTO

3.1.3. PRINCÍPIOS EPISTEMOLÓGICOS

3.1.3.1. Concepções de conhecimento

3.1.3.2. Concepções de Educação

3.1.3.3. Concepções de Sujeito

3.1.3.4. Concepções de Sociedade

3.1.3.5. Concepções de Cultura

3.1.3.6. Tendência Pedagógica

3.1.3.6.1. Tendências Idealista Liberais

3.1.3.7. Concepção de Ampliação de Jornada Escolar

3.1.3.7.1. Programa Mais Educação do Governo Federal

4. III – MARCO OPERACIONAL

4.1. PROPOSTAS CURRICULARES

4.1.1. PROPOSTA CURRICULAR QUE NORTEIA A AÇÃO DO ESTABELECIMENTO

4.1.1.1. Mostra Cultural/Científica/Pedagógica

4.1.1.2. Componentes Curriculares

4.1.1.2.1. ARTE

4.1.1.2.2. CIÊNCIAS

4.1.1.2.3. GEOGRAFIA

4.1.1.2.4. ENSINO RELIGIOSO

4.1.1.2.5. HISTÓRIA

4.1.1.2.6. LÍNGUA INGLESA

4.1.1.2.7. LÍNGUA PORTUGUESA

4.1.1.2.8. MATEMÁTICA

4.1.1.2.9. ED. FÍSICA

4.1.2. TEMÁTICA HISTÓRIA E CULTURA AFRO BRASILEIRA, AFRICANA E INDÍGENA

4.1.2.1. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro Brasileira e Africana Lei n. 10.639/03

4.1.3. A PRÁTICA DA AVALIAÇÃO NO ESTABELECIMENTO

5. IV ELEMENTOS COMUNS

5.1. ARTICULAÇÃO ENTRE ENTIDADE ESCOLAR, FAMÍLIA COMUNIDADE E REDES DE APOIO

5.1.1. família nuclear

5.1.2. reuniões periódicas do Conselho Escolar, APMF

5.2. INSTÂNCIAS COLEGIADAS- Gestão Democrática

5.2.1. Conselho Escolar

5.2.2. APMF: (Associação de Pais, Mestres e Funcionários)

5.2.3. Representantes de Turmas

5.2.4. Conselho de Classe

5.2.4.1. pré Conselho

5.2.4.2. Conselho

5.2.4.3. Pós-Conselho

5.3. ATENDIMENTO ESPECIALIZADO

5.3.1. Sala de Recursos Multifuncionais

5.3.1.1. Programa Dinheiro Direto da escola – PDDE

5.3.2. O serviço de psicologia

5.3.3. O atendimento ocorre no contraturno escolar

5.3.3.1. professora psicopedagoga

5.4. PROGRAMA BRIGADA ESCOLAR

5.5. PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

5.5.1. Durante a Jornada Pedagógica.

5.5.2. JUSTIÇA RESTAURATIVA

5.5.3. gestão democrática que se efetiva com a plena participação das instâncias colegiadas, Conselho Escolar, APMF, bem como equipe técnico-pedagógica, funcionários e sociedade civil organizada (através de reuniões próprias para essa finalidade).

6. DOCUMENTOS NORTEADORES

6.1. CONSTITUIÇÃO FEDERAL/1988

6.2. Plano nacional de Educação - PNE

6.3. Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional – LDB /1996

6.4. BNCC 2017

6.5. LEI Nº 11.788 DE 25/09/2008 dispõe sobre os estágios

6.6. ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - ECA

6.7. REFERENCIAL CURRICULAR DO PARANÁ

6.8. DOCUMENTOS INTERNOS:

6.9. PLANO DE TRABALHO DOCENTE

6.10. REGIME ESCOLAR

6.11. PROPOSTAS PEDAGOGICAS CURRICULAR

6.12. PLANO DE AÇÃO.

6.13. PPP

6.14. ORGÃOS REGULADORES DA EDUCAÇÃO

6.14.1. MEC

6.14.2. SEED

6.14.3. NRE

6.14.4. PREFEITURA