Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Trilhas por Mind Map: Trilhas

1. Ecoturismo

1.1. Desenvolvimento sustentável

1.2. Preservação ambiental

1.3. "Princípio 1: Os seres humanos estão no centro das preocupações com o desenvolvimento sustentável. Têm direito a uma vida saudável e produtiva, em harmonia com a natureza." (Declaração do Rio, 1992)

2. Impactos Ambientais

2.1. Efeito de boda

2.2. Compactação do solo

2.3. Intensificação de erosão

2.4. Alteração no número de espécies da fauna (proliferação de espécies tolerantes a ação humana e diminuição das que não são)

2.5. Lixo e incendios

2.6. Efeitos agravados ao exceder a capacidade de carga do percurso

3. Florianópolis

3.1. Iniciativas voltadas a prática de trilhas e conservação do meio ambiente

3.1.1. Leis municipais para tombamento de trilhas (33 trilhas tombadas)

3.1.1.1. 5979/02

3.1.1.2. 9399/13

3.1.1.3. 10616/19

3.1.1.4. Outros trilhas encontram-se em processo de tombamento

3.1.2. Programa Caminhos do Ambiente, 2016

3.1.2.1. Manejo de solo e vegetação de 34 trilhas, algumas tombadas, as que não são encontram-se em processo de tombamento

3.1.2.2. Algumas trilhas foram catalogadas segundo a NBR 15505-2 e receberam sinalização correspondente

3.1.3. Floripa Hike, 2019

3.1.3.1. Possui 10 trilhas mapeadas

3.1.3.2. Apresenta informações sobre os percursos

3.1.3.3. Foi lançado em Setembro de 2019 e, desde então, não foram acrescidas novas trilhas

3.2. Conta com 13 unidades de conservação

3.2.1. Unidades Federais: - Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca - Estação Ecológica de Carijós - Reserva Extrativista Marinha da Costeira do Pirajubaé - Reserva Particular do Patrimônio Natural do Rio Vermelho (SC)

3.2.2. Unidades Estaduais: - Área de Proteção Ambiental do Entorno Costeiro - Parque Estadual da Serra do Tabuleiro - Parque Estadual do Rio Vermelho

3.2.3. Unidades Municipais: - Monumento Natural Municipal da Galheta - Parque Natural Municipal da Lagoinha do Leste - Parque Natural Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição - Parque Natural Municipal do Maciço da Costeira - Parque Natural Municipal do Morro da Cruz - Parque Natural Municipal Lagoa do Jacaré das Dunas do Santinho

3.2.4. Presença de trilhas nas unidades de conservação

3.3. Situação problema

3.3.1. Sobrecarga de trilhas famosas localizadas em Unidades de Conservação, ex: Trilha da Lagoinha do Leste (Parque Natural Municipal da Lagoinha do Leste), Trilha de Naufragados (Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e Área de Proteção Ambiental do Entorno Costeiro), etc.

3.3.2. Município realiza, de tempos em tempos, mutirões para o manejo

3.3.2.1. Necessidade de trabalhos constantes de manejo

3.3.2.2. Dificuldade de monetização para constância de trabalhos

3.4. Possíveis resoluções

3.4.1. Realização de levantamentos de trilhas

3.4.2. Realização de mapas temáticos voltados ao turismo com trajeto, informações e fotos das trilhas

3.4.3. Maior publicidade de diferentes trilhas

3.4.3.1. Aproveitar a veiculação de pessoas como forma de preservação do trajeto

3.4.3.1.1. Necessidade de fiscalização de tempos em tempos para conferir se não há alteração nos percursos

3.4.3.1.2. Cuidados especiais quanto a locais ambientalmente sensíveis

4. Brasil

4.1. Em 2013, encontrava-se na 51ª colocação entre os países mais competitivos no setor do turismo de um total de 140 países (Fórum Econômico Mundial)

4.1.1. - 1º Recursos naturais - 23º Recursos culturais - 60º Infraestrutura turística - 126º Competitividade de preços - 129º Transporte terrestre

4.2. Em 2016 o Brasil ocupava a 26ª colocação no Ranking de competitividade turística, enquanto em 2019 ocupou a 32ª colocação

5. CATVPA

5.1. Clientes

5.1.1. Meio ambiente

5.2. Atores

5.2.1. "Trilheiros"

5.3. Transformação

5.3.1. Redução na quantidade de pessoas por trilha

5.3.2. Redução dos impactos ambientais do uso extensivo de trilhas em ambientes sensíveis

5.4. Visão de Mundo

5.4.1. Muitas pessoas em poucas trilhas

5.4.2. Pouca divulgação das muitas trilhas existentes

5.5. Proprietário

5.5.1. Poder público

5.6. Restrições ambientais

5.6.1. Vulnerabilidade ambiental

5.6.2. Características topográficas

5.6.3. Falta de conhecimento da população sobre as trilhas

5.6.4. Capacidade de carga das trilhas