EXISTENCIALISMO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
EXISTENCIALISMO por Mind Map: EXISTENCIALISMO

1. O homem apreende a si mesmo a partir da experiência, da existência real, compartilhada com outro sujeito, com estas proposições filosóficas, Sartre marcou o lugar do ser no mundo, fugindo de uma proposição idealista. É através da convivência com o outro e das escolhas, que implicam liberdade, que nós estabelecemos nossa identidade como sujeito EU. Processo feito pelo OUTRO aqui entendido como o colega de sala.

2. "O Outro é, para a minha ação livre, um mal, pois a liberdade do Outro limita a minha e, mais ainda, é um mal do qual não posso me libertar, pois o outro faz parte do meu Eu, da minha consciência e da minha ação". (SARTRE, Jean-Paul. O ser e o nada. Petrópolis: Vozes, 1999).

3. "O Outro me faz um Ser indefeso perante uma consciência que me julga. [...] De certo modo, somos escravos do Outro que é nosso juiz e nosso senhor. Não temos para onde fugir. Para onde quer que vá, o que quer que faça, o Outro estará presente, mesmo em meu quarto fechado, porque o Outro está encravado no meu próprio miolo (sou um ‘Ser-Para-Outro’)"

4. "(...) a realidade não existe a não ser na ação (...) só o ato permite ao Homem viver. No entanto, o engajamento singular implica (...) a responsabilidade direta para com os outros homens engajados pela escolha, já que a decisão indica a direção do que se escolhe e esta ação define o indivíduo". (SARTRE, Jean-Paul. O existencialismo é um humanismo. São Paulo: Nova Cultural, 1987).