Festivais da MPB

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Festivais da MPB por Mind Map: Festivais da MPB

1. Ao falar-se em música brasileira da década de 60 deve-se pensar em quatro gêneros: Jovem Guarda, Bossa Nova, Tropicália e MPB, que, por sua vez, eram divididos em dois grupos:

2. A Música Popular Brasileira é marcada pela sua variedade.

3. FUNÇÃO

3.1. Esses festivais cumpriram (e ainda o fazem na atualidade) a função de revelar intérpretes, compositores e instrumentistas ao grande público.

4. PATRIMÔNIO CULTURAL E ARTÍSTICO

4.1. A história da música popular brasileira remete ao período colonial, entre os séculos XVI e XVIII quando as cantigas populares, sons de origens africanas, cantos indígenas, músicas religiosas e músicas europeias se misturavam. Nos séculos XVIII e XIX dois ritmos se destacam: o lundu e a modinha. O primeiro, sensual e dançante, tem origem africana; o segundo, melancólico e erudito, tem origem portuguesa.

5. QUANDO

5.1. Os Festivais teve início no ano de 1965, com o segundo indo ao ar em 1966 e assim con- secutivamente até 1985.

6. ONDE

6.1. Rede Globo TV Excelsior TV Record TV Rio

7. CONTEXTO

7.1. O Festival de Música Popular Brasileira foi um concurso anual de canções originais e inéditas criado em 1965

7.2. Foi criado com base no Festival de Sanremo, sendo realizado ininterruptamente até 1969.

8. TEMAS E GÊNEROS

8.1. os “alienados” - Jovem Guarda e Bossa Nova e os “engajados” - MPB e Tropicália.

9. CARACTERÍSTICAS FORMAIS, EXPRESSIVAS E ESTÉTICAS.

9.1. São cinco os elementos formadores do som, e são articulando esses cinco elementos que se criam músicas: timbre, intensidade, altura, densidade, duração.

10. TÉCNICAS

10.1. Com a dimensão geográfica do país, são encontrados diversos estilos, que seguem caracterís- ticas de cada região, e ao mes- mo tempo do país como um todo.

11. FORMAS DE EXPRESSÃO

11.1. Os festivais dos anos 60 protestavam contra o Governo Militar por meio das músicas e suas letras.

12. A música popular brasileira faz parte da história e de memórias que compõem e trilham a cultura em nossa sociedade.