Império Bizantino

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Império Bizantino por Mind Map: Império Bizantino

1. O império Bizantino tinha sua economia baseada na agricultura, produção de tecidos e no domínio das rotas comerciais do Mar Mediterrâneo

2. Crise

2.1. Diversos fatores motivaram a crise e então queda do Império. Com a morte de Justiniano, o Império foi perdendo territórios, diversos ataques vizinhos, e gradativamente o Império foi perdendo força. E assim em 1453 o Império Bizantino chegou ao fim com o domínio de Constantinopla pelos turcos otomanos.

3. Características

3.1. - O imperador era o chefe de Estado e religioso ao mesmo tempo. -Para evitar o possível surgimento de uma religião politeísta, os ortodoxos proibiram a adoração de imagens. - Com o fim do Império, a condução da Igreja Ortodoxa passou a ser exercida pelos Arcebispos. -Durante as disputas político-religiosas houve a destruição de pinturas e mosaicos.

4. Política

4.1. M

4.1.1. A organização política no Império Bizantino possui uma monarquia e era extremamente centralizada ( Cesaropapismo). O imperador dominava a religião e política, sendo chefe da igreja e do exército. O poder legislativo funcionava como um Senado, no entrando em alguns governos o imperador conseguiu centralizar seu poder ao ponto de se assemelhar a uma TEOCRACIA

5. Justiniano

5.1. M

5.1.1. O imperador Justiniano foi de extrema importância. Ele reconquistou parte do Império Ocidental, como a cidade de Roma. Criou um código de leis que é base até os dias de hoje, construiu a catedral de Santa Sofia que caracteriza a arquitetura Bizantina. Envolveu-se em diversas disputas político -religiosas com o Papa de Roma. Em seu governo houve muitas revoltas motivadas pelo alto preço dos impostas, além de estar envolvido da Revolta de Niké que matou mais de 30 mil pessoas.

6. Arte e Cultura

6.1. A arte Bizantina teve grande inspiração nas culturas gregas, romanas e persas. O uso de imagens foi muito polêmico, por ser considerado idolatria pagã e aqueles na qual a adoravam começaram a ser perseguidos por alguns religiosos.

7. Revoltas Internas

7.1. Como revolta interna, temos a Revolta de Nike ou Revolta do Hipódromo. Foi extremamente importante, era uma corrida de cavalos, na qual as equipes divididas por 4 cores representavam grupos sociais e políticos. Com o fim que nada agradou o Imperador, Justiniano mandou matar os protestantes, fazendo assim um massacre, que originou a morte de quase 30 mil pessoas.

8. Cristianismo Oriental

8.1. mO império Bizantino, extensão do Império Romano do Ocidente,recebeu muito influência dessa cultura, como as religiosas. Com a influência religiosa do Ocidente e a própria diversidade cultural que existia, surgem outras vertentes religiosas.A igreja insatisfeita com isso começou a persegui-los. E assim iniciando diversas disputas entre o Imperador, representando a vontade do povo, e o Papa, vontade da igreja. Todas essas disputas deram origem ao Cisma do Oriente, da qual saíram duas religiões cristãs: Igreja Católica Românica e Igreja Ortodoxa.

9. O império Bizantino originou-se do Império Romano do Oriente e permaneceu durante toda a Idade Média. Recebeu esse nome por ter sua capital: Constantinopla e por ter sido construída sobre uma antiga cidade chamada Bizancio. Sua posição entre os mares Mediterrâneo e Negro, ajudaram no comércio tanto com o Ocidente quanto com o Oriente

10. Economia