Aprendizagem e Tecnologias

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Aprendizagem e Tecnologias por Mind Map: Aprendizagem e Tecnologias

1. Memória e Aprendizagem (Funcionamento da memória) Sem memória não é possível aprender

1.1. Propriedades da memória

1.1.1. Potência

1.1.2. Vastidão

1.1.3. Diversificação de registros

1.2. Perspectiva Estrutural (Componentes da memória)

1.2.1. Memória Sensorial

1.2.1.1. Corresponde à informação do meio captada pelos órgãos sensoriais (visão, audição, gosto, tacto, olfacto e cinestesia), bem como a sua breve retenção, que durará breves fracções de segundo.

1.2.1.1.1. Memória icónica

1.2.1.1.2. Memória acústica

1.2.2. Memória de curto prazo, Memória de trabalho ou Memória primaria (Registro transitório)

1.2.2.1. Executor Central

1.2.2.1.1. Lida com qualquer tarefa cognitiva – ler, escrever, resolver problemas e raciocinar

1.2.2.2. Anel articulatório

1.2.2.2.1. Sistema de ensaio verbal.

1.2.2.3. Sistema visuo-espacial

1.2.2.3.1. Sistema para lidar com a informação visual e espacial.

1.2.2.4. Armazenamento acústico primário

1.2.2.4.1. Retém informação acústica

1.2.3. Memória de longo prazo ou Memória secundária (Registro permanente) Processa e armazena a informação da MCP

1.2.3.1. Memória Declarativa (Diz respeito ao saber)

1.2.3.1.1. Memória episódica

1.2.3.1.2. Memória semântica

1.2.3.2. Memória Procedimental (Diz respeito ao saber fazer)

1.2.3.2.1. Memória Processual

1.2.4. CHUNKS

1.2.4.1. Unidades de informação com sentido

1.3. Perspectiva Processual (Funcionamento da memória)

1.3.1. Codificação - Deve reduzir e transformar a informação, retendo o material importante e eliminando o trivial

1.3.1.1. Processamento Superficial

1.3.1.1.1. Codifica sobretudo informação referente às características físicas dos estímulos. Uma aprendizagem mais lábil e sujeita ao esquecimento.

1.3.1.2. Processamento Profundo

1.3.1.2.1. Codifica a informação sobretudo através do significado dos estímulos. uma aprendizagem mais consistente e menos sujeita ao esquecimento.

1.3.1.3. Aspectos que influenciam a Codificação da Informação

1.3.1.3.1. Motivação

1.3.1.3.2. Emoções

1.3.2. Armazenamento

1.3.3. Recuperação ( a informação deve estar disponível e acessível)

1.3.3.1. Rememoração

1.3.3.1.1. Exames sem consulta

1.3.3.2. Rememoração Indexada

1.3.3.2.1. Álbum de fotografias para recordar pessoas e acontecimentos

1.3.3.3. Reconhecimento

1.3.3.3.1. Teste de escolha múltipla

1.3.4. Esquecimento

1.3.4.1. Teoria do declínio

1.3.4.1.1. As informações mais usadas tendem a ser menos esquecidas, enquanto que as que são pouco ou raramente utilizadas tendem ao esquecimento

1.3.4.2. Teoria da interferência

1.3.4.2.1. Consiste na dificuldade ou mesmo insucesso na recuperação de uma determinada informação devido a interferência de uma outra informação.

2. Teoria do processamento da Informação

2.1. Teoria Cognitiva da Aprendizagem Multimédia

2.1.1. Princípio do Multimédia - As pessoas aprendem melhor através de palavras e imagens do que apenas através de palavras.

2.1.2. Três princípios da ciência cognitiva da aprendizagem

2.1.2.1. Pressuposto dos canais duplos (Os seres humanos têm canais distintos para processamento de informações visuais e auditivas)

2.1.2.1.1. Visual/pictórico

2.1.2.1.2. Auditivo/verbal

2.1.2.2. Pressuposto da capacidade limitada (Os seres humanos estão limitados quanto à quantidade de informação que conseguem processar simultaneamente em cada canal)

2.1.2.2.1. Teste de amplitude da memória

2.1.2.3. Pressuposto do processamento activo (Os seres humanos participam na aprendizagem activa, prestando atenção a informações recebidas relevantes, organizando a informação selecionada em representações mentais coerentes e integrando as representações mentais com outros conhecimentos)

2.1.2.3.1. Processos essenciais para a aprendizagem activa

2.1.3. Processos cognitivos durante a aprendizagem multimédia

2.1.3.1. A escolha das palavras relevantes no texto ou narrativa apresentados

2.1.3.2. A escolha de imagens relevantes das ilustrações apresentados

2.1.3.3. Organização das palavras selecionadas numa representação verbal coerente

2.1.3.3.1. Modelo Verbal

2.1.3.4. Organização das imagens selecionadas numa representação pictórica coerente

2.1.3.4.1. Modelo Pictórico

2.1.3.5. Integração das representações pictóricas e verbais com os conhecimentos anteriores

2.1.3.5.1. Modelo integrado (Verbal e Pictórico)

2.1.4. Critérios na formulação da teoria cognitiva da aprendizagem multimédia

2.1.4.1. Plausibilidade teórica

2.1.4.1.1. A teoria é consistente com os princípios da aprendizagem da ciência cognitiva?

2.1.4.2. Testabilidade

2.1.4.2.1. A teoria gera previsões que podem ser testadas nas pesquisas científicas?

2.1.4.3. Plausibilidade Empírica

2.1.4.3.1. A teoria é consistente com as provas obtidas nas pesquisas empíricas sobre aprendizagem multimédia?

2.1.4.4. Aplicabilidade

2.1.4.4.1. É relevante para as necessidades educacionais?

2.2. Teoria e Avaliação da Carga Cognitiva em ambientes multimédia

2.2.1. Carga cognitiva (Atividade mental que a memória de trabalho esta sujeita a todo instante)

2.2.1.1. Carga intrínseca

2.2.1.1.1. Natureza da informação

2.2.1.2. Carga extrínseca - modo como a informação é apresentada

2.2.1.2.1. Carga cognitiva estranha (Indesejável ou ineficaz)

2.2.1.2.2. Carga cognitiva adequada ou eficaz

2.2.2. Recomendações para a concepção de recursos multimédia eficazes

2.2.2.1. Princípio da representação múltipla

2.2.2.1.1. Apresentações de texto (narração) e imagem simultâneos

2.2.2.2. Princípio da contiguidade

2.2.2.2.1. É muito mais eficaz apresentar imagens e texto correspondentes em simultâneo e não em sequência.

2.2.2.3. Princípio da coerência

2.2.2.3.1. Exclusão de palavras e sons irrelevantes

2.2.2.4. Princípio da modalidade

2.2.2.4.1. Apresentar as palavras sob forma de narração auditiva evitando competição no canal visio-espacial entre o texto escrito e as animações/imagem

2.2.2.5. Princípio da redundância

2.2.2.5.1. A adição de texto no ecrã numa animação multimédia narrada, pode sobrecarregar o canal visual

2.2.3. Exigências cognitivas

2.2.3.1. Processamento essencial

2.2.3.1.1. Dar sentido aos materiais presentes

2.2.3.2. Processamento acessório

2.2.3.2.1. Processo cognitivo que não é requerido para dar sentido aos materiais presentes mas que foi incluído no design da tarefa de aprendizagem. (Musica de fundo + narração)

2.2.3.3. Retenção figurativa

2.2.3.3.1. Retenção da representação mental na memória de trabalho por um período de tempo