Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
acordo otografico por Mind Map: acordo otografico

1. O atual Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa foi aprovado em definitivo no dia 12 de outubro de 1990 e assinado em 16 de dezembro do mesmo ano.

1.1. As diferenças na grafia da língua utilizada por Brasil e Portugal começaram em 1911, quando o país lusitano passou pela primeira reforma ortográfica. A reformulação não foi extensiva ao Brasil.

2. O objetivo do acordo é unificar a ortografia oficial e reduzir o peso cultural e político gerado pelas duas formas de escrita oficial do mesmo idioma. A ideia é aumentar o prestígio internacional e a difusão do Português.

3. Principais Mudanças

4. As Consoantes C, P, B, G, M e T

5. Ficam consideradas neste caso as especificidades da pronúncia conforme o espaço geográfico. Ou seja, a grafia é mantida quando há pronúncia é retirada quando não são pronunciadas.

6. É empregado o hífen nos casos de palavras em que a segunda formação se inicia com a letra "h". O mesmo vale quando a primeira formação começa com letra igual àquela que finaliza o prefixo.

7. O hífen não é usado: Nos casos das consoantes "r" e "s" dobradas em "rr" e "ss":

8. Trema O uso do trema (¨) foi abolido.

9. O Alfabeto O alfabeto da língua portuguesa passa a contar com 26 letras, nas suas formas maiúsculas e minúsculas. Incorpora-se as letras K, Y e W. Fica, assim, então, o alfabeto: A, B, C, D, E, F, G, H, I, J, K, L, M, N, O, P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y, Z.