GLOSAS EM CONTAS HOSPITALARES: UM DESAFIO Á GESTÃO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
GLOSAS EM CONTAS HOSPITALARES: UM DESAFIO Á GESTÃO por Mind Map: GLOSAS EM CONTAS HOSPITALARES: UM DESAFIO Á GESTÃO

1. ADMINISTRATIVAS: Decorrem de falhas operacionais no momento da cobrança, de falta de interação entre o plano de saúde e o prestador de serviço, ou, ainda, de falha no momento da análise da conta do prestador.

1.1. TÉCNICAS: Relacionam-se á apresentação dos valores de serviços vinculados diretamente a assistência prestada ao paciente e medicamentos utilizados e não aos procedimentos médicos adotados

2. Glosas hospitalares: Consiste em cancelamento da remuneração da fatura da conta hospitalar analisada pelo auditor da operadora, quando este considera que a cobrança é indevida ou ilegal.

3. Concluiu-se que as glosas são indicadores para as instituições verificarem os pontos críticos a serem melhorados e que é preciso atenção dos gestores para trabalhar aspectos causadores das glosas, como forma de prevenção de prejuízos maiores.

4. DISCUSSÃO

4.1. Observou-se que as ações em busca de diminuição do índice de glosas e a melhoria dos processos ainda não são efetivas, acarretando em repetição de cobranças indevidas e erro de faturamento.

4.2. Enfermeiros necessitam desenvolver os métodos de intervenção, do ponto de vista gerencial, associando o custo benefício dos atendimentos realizados

4.3. A auditoria em enfermagem tem finalidade de normatizar, orientar, disciplinar, racionalizar e identificar as deficiências existentes nos registros hospitalares

4.3.1. Intervindo diretamente nos gastos e glosas desnecessários, principalmente nos setores mais críticos

5. CONCLUSÃO

6. INTRODUÇÃO

6.1. Casos em que o auditor não consegue esclarecer dúvidas suscitadas por normas e práticas das instituições de saúde

6.2. CLASSIFICAÇÃO

7. OBJETIVO

7.1. Identificar as glosas efetuadas por operadora de plano de saúde em contas hospitalares

8. MÉTODO

8.1. Pesquisa descritiva, transversal, com abordagem quantitativa

8.2. Local: operadoras de planos de saúde, classificada como de pequeno porte (menos de 20 mil beneficiários), localizada no Norte do Paraná

9. RESULTADOS

9.1. Os dados analisados totalizaram 36 mil itens glosados nos oitos hospitais credenciados pela operadora de plano de saúde em estudo

9.2. Glosas técnicas objetivaram as maiores frequências para todos os hospitais em estudo

9.2.1. Relacionadas aos materiais médico-hospitalares