INTOXICAÇÃO POR SAPOS

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
INTOXICAÇÃO POR SAPOS por Mind Map: INTOXICAÇÃO POR SAPOS

1. Agente tóxico

1.1. Veneno de Sapo

2. Epidemiologia da intoxicação

2.1. Presença de sapo -> mordedura

3. Espécies afetadas

3.1. Cães

4. Mecanismo de ação (quando definido)

4.1. Aminas Biogênicas

4.1.1. Norepinefrina - Agonista Simpático

4.1.1.1. Ação em Beta 1 -> Efeito Inotrópico e Cronotrópico no coração

4.1.1.2. Ação em Beta 2 -> Broncodilatação e Arritmias

4.1.1.3. Ação em Alfa-1 = Vasoconstrição

4.1.2. Dopamina - Agonista Simpático

4.1.2.1. Excesso de transmissão Nervosa -> Crises Epiléticas

4.1.3. Derivados de Serotonina - Agonista Simpático

4.1.3.1. Ação em Alfa-1 -> Vasoconstrição

4.1.3.2. Excesso de transmissão Nervosa -> Crises Epiléticas

4.1.4. Bufadienolídeos

4.1.4.1. Atua inibindo a bomba de Sódio e potássio, acumula sódio dentro da célula, o sódio é trocado com o Cálcio, que interage com o Retículo Sarcoplasmático, e com os Filamentos de Actina e Miosina = Desregulação dos movimentos de contração do coração;

4.1.5. Bufotoxinas

4.1.5.1. Estimuladores da Serotonina e Dopamina

5. Sinais Clínicos

5.1. Irritação da mucosa Oral, Sialorréia, Inapetência, Diarreia, Dor abdominal, Arritmias, Edema Pulmonar, Cianose, Morte, Depressão, Ataxia, Andar em Círculos, Convulsão

6. Correlação do Mecanismo de Ação com os sinais clínicos e Consequentemente patológicos.

6.1. Ação Irritante do Veneno

6.1.1. Irritação da mucosa Oral -> Sialorréia e Inapetência

6.1.2. Consequência das lesões no TGI -> Diarréia e Dor abdominal

6.2. Norepinefrina

6.2.1. Taquicardia ->Ação em Beta 1->Efeito Inotrópico e Cronotrópico no coração

6.2.2. Taquipnéia, Edema Pulmonar -> Ação em Beta 2 -> Broncodilatação Arritmias

6.2.3. Hipertensão -> Ação em Alfa-1 -> Vasoconstrição

6.3. Dopamina

6.3.1. Excesso de transmissão Nervosa -> Crises Epiléticas e Sinais Neurológicos

6.4. Serotonina

6.4.1. Hipertensão - Ação em Alfa-1 -> Vasoconstrição

6.4.2. Excesso de transmissão Nervosa -> Crises Epiléticas e Sinais Neurológicos

6.5. Bufadienolídeos

6.5.1. Arritmias / Insuficiência Cardíaca - Atua inibindo a bomba de Sódio e potássio, acumula sódio dentro da célula, o sódio é trocado com o Cálcio, que interage com o Retículo Sarcoplasmático, e com os Filamentos de Actina e Miosina - >Desregulação dos movimentos de contração do coração, Cianose, Edemas Generalizados mas principalmente Pulmonar e finalmente a Morte

6.6. Bufotoxinas

6.6.1. Alucinação, apreensão, depressão, tremores, hiperesteria, vômito, diarréia -> Estimuladores da Serotonina e Dopamina -> Ação no SNC

7. Tratamento

7.1. Tratamento

7.1.1. Remoção do Veneno -> Lavagem da Mucosa Oral e remoção com gaze umedecida, carvão ativado, antisséptico oral.

7.1.2. Estabilização Cardiovascular e TGI -> Corticosteróides, Furosemida, Manitol, Fluidoterapia, Antiarrítmicos ( Verapamil ), Inibidores de Vomito e de Diarréia.

7.1.3. Estabilização Neurológica - Diazepam, Pentobarbital.

7.1.4. Intubação de animais em casos graves

7.1.5. Antídoto - Digibind.

8. Diagnóstico

8.1. Anamnese + Sinais Clínicos + ECG

8.2. Definitivo - Imunofluorescência, Digoxina Sérica, Cromatografia

8.3. Diferencial - Substâncias Cáusticas, Metaldeído, Inseticidas, Piretróides, Estricnina, Corpo Estranho, Plantas Cardiotóxicas