Software Quality

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Software Quality por Mind Map: Software Quality

1. Eficiência de desempenho

1.1. Conhecer o hardware ajuda a construir um programa que melhor consegue tirar desempenho de seus recursos

2. Correções

2.1. Depuração

2.1.1. Detectando bugs existentes

2.1.1.1. Realizar a prova ou arrumar o bug?

2.1.2. Depuração de módulos individuais

2.1.3. Depuração de todo sistema

2.1.4. Depuração != Testes

2.1.4.1. Teste são feitos por grupos de programadores, não individualmente, e buscam cobrir todo o sistema

2.1.5. Depuração on-line e off-line

2.1.5.1. Conversação como ferramenta de desenvolvimento

2.1.5.2. Ajudam e estimulam a programação de sistemas e melhoram o programador

2.1.5.3. Analises automáticas

2.1.5.3.1. Necessidade de analises exaustivas e automatizada para permitir escalabilidade

2.1.5.3.2. Compilador deve poder encontrar os bugs

2.2. Correção formal

2.2.1. Prevenindo surgimento de bugs

2.2.1.1. Ler a própria documentação e experimentar o próprio sistema

2.2.1.2. Utilização de programas auxiliadores na codificação

2.2.1.3. Anexar predicados a várias partes do programa

2.2.1.4. Criação de testes

2.2.1.4.1. Testes devem ser exaustivos

2.2.1.4.2. Devem testar diversos tipos de dados de entrada

2.2.1.4.3. Devem ser criados paralelamente a criação da aplicação

2.2.1.4.4. Testes mostram a presença de bugs, não a ausência

2.2.1.4.5. Testes devem ser feitos antes do desenvolvimento?

2.2.2. Linguagens devem ajudar o programador

2.2.2.1. Linguagens de alto nivel devem auxiliar o programador, para poder focar na logica mais claramente

2.2.2.2. Linguagens devem ter estrutura