Capacidade Produtiva

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Capacidade Produtiva por Mind Map: Capacidade Produtiva

1. Capacidade de uma unidade de produção é o volume máximo de atividade de agregação de valor.

1.1. Gestão de capacidade produtiva gera impacto estratégico.

1.1.1. Decisões sobre alteração de capacidade necessita de grande antecedência.

1.1.2. Essas decisões têm impacto direto unidade produtiva no curto, médio ou no longo prazo.

2. Medidas de capacidade de unidades produtivas.

2.1. Entradas: mede a capacidade pelo volume de insumos.

2.2. Saídas: mede a capacidade pelo volume de produção possível de ser obtido.

2.3. Capacidade produtiva é razão entre capacidade disponível e teórica.

2.3.1. Eficiência é a razão entre saídas demonstradas e saídas-padrão.

3. No longo prazo são maiores as incertezas da previsão.

3.1. Decisões tomadas com base em previsões de longo prazo são as mais estratégicas e mais difíceis de reverter.

4. Gestão tática de capacidade.

4.1. Produção seguindo demanda via estoque.

4.2. Produção nivelada acompanha a demanda mês a mês, com a produção.

4.3. Produção intermediária nivelada pela produção por blocos.

5. A gestão operacional tem capacidade de alteração substancialmente, mesmo a curto prazo.

5.1. Participação de demanda identifica diversas grupos de clientes.

5.2. Gestão de receita tem o objetivo de maximizar a receita da venda do serviço.

5.3. Overbooking é decisão de vender antecipadamente uma capacidade maior.

6. Gestão de filas tem impacto estratégico pois influencia diretamente na satisfação do cliente.

6.1. Alguns tipos de sistemas de fila:

6.2. Sistema de estágios múltiplos são sistemas em que pessoas, informações ou materiais têm de ser atendidos em estágios múltiplos e sequenciais.

6.3. Sistema de estágio único há uma estação de serviço atendendo a um fluxo em um único estágio.

6.4. Sistema de estágio único de servidores paralelos, os elementos de fluxo chegam tomam a decisão de qual servidor os atenderá e são atendidos.