Violência contra a mulher

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Violência contra a mulher por Mind Map: Violência contra a mulher

1. Violência física: qualquer ação que ofenda a integridade ou saúde corporal, violencia psicológica: qualquer ação que cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação, como: constrangimento,humilhação, ridicularização, isolamento, perseguição, chantagem e controle . Violência sexual: qualquer ação que limite o exercício dos direitos sexuais ou reprodutivos, como: coação a presenciar ou participar de relação sexual indesejada, impedimento do uso de método contraceptivo, indução ao aborto ou à prostituição etc. Violência patrimonial: qualquer ação que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de objetos, bens, recursos, documentos pessoais, instrumentos de trabalho etc. Violência moral: qualquer ação que configure calúnia, injúria ou difamação.

2. O que é?

2.1. A violência contra a mulher é todo ato lesivo que resulte em dano físico, psicológico, sexual, patrimonial, que tenha por motivação principal o gênero, ou seja, é praticado contra mulheres expressamente pelo fato de serem mulheres. A violência contra a mulher também pode ser praticada como ação coletiva, é o caso, por exemplo, de políticas estatais de mutilação genital feminina ainda hoje praticada em alguns lugares.

3. Práticas do modelo patriarcal

3.1. A obrigatoriedade da mulher manter relações sexuais com seu marido a despeito da sua própria vontade, a “legítima defesa da honra masculina”, que por muito tempo foi legal e socialmente aceita.

3.2. No Brasil o patriarcalismo desenvolveu-se a partir da colonização. As grandes extensões de terra administradas por um chefe de família a quem se subordinavam todos, escravos e livres, que estivessem nos limites territoriais do seu domínio.

4. Causas

4.1. As causas, portanto, são estruturais, históricas, político-institucionais e culturais. O papel da mulher foi por muito tempo limitado ao ambiente doméstico, que, por sua vez, era uma propriedade de domínio particular que não estava sujeita à mesma legislação dos ambientes públicos.

5. Tipos de violência

6. Lei Maria da Penha

6.1. O Brasil tornou-se referência mundial com a Lei Maria da Penha, de 2006, que, além de propor penas mais duras para agressores, também estabelece medidas de proteção às mulheres e medidas educativas de prevenção com vistas a melhorar a relação entre homens e mulheres.

7. Consequências

7.1. A violência contra a mulher é uma das principais formas de violação de Direitos Humanos hoje no mundo. É um tipo de violência que pode acometer mulheres em diferentes clivagens etárias, econômicas, étnicas, geográficas etc.

7.1.1. Pode causar também doenças como obesidade, gastrite, síndrome do pânico etc.