Teoria do Desenvolvimento Psicossocial de Erik Erikson

Teoria do Desenvolvimento Psicossocial de Erik Erikson

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Teoria do Desenvolvimento Psicossocial de Erik Erikson por Mind Map: Teoria do Desenvolvimento Psicossocial de Erik Erikson

1. Por toda uma vida

1.1. Na adolescência

1.1.1. Crises de Identidade

1.1.1.1. Intensas transformações

1.1.1.1.1. Momentos de virada

2. TEORIA PÓS-FREUDIANA

2.1. Pois ampliou a Teoria Freudiana

3. O EGO como gerador de identidade

3.1. Favorece nossa adaptação aos conflitos

3.2. Força e Forma

3.3. Agência psíquica parcialmente consciente, parcialmente inconsciente

3.4. Relacionando o passado, o presente e projetando o futuro

3.5. Gerenciador das experiências e ações que garantam um equilíbrio psíquico e adaptabilidade

4. Influências sociais e históricas são mais relevantes

5. 8 estágios de desenvolvimento

5.1. Confiança VS. Desconfiança

5.1.1. Do 0 aos 1,5 anos

5.1.2. Confiar ou não na sua mãe e nas outras pessoas

5.2. Autonomia VS. Vergonha

5.2.1. Do 1,5 aos 3 anos

5.2.2. Período de maturação biológica

5.2.3. Começa a desmamar e a querer autonomia progressivamente

5.2.4. Desejo de autonomia, liberdade que pode ser censurado pelos pais

5.2.5. Aprende a se locomover e a controlar os esfíncteres

5.3. Iniciativa VS. Culpa

5.3.1. Dos 3 aos 6 anos

5.3.2. Desenvolve sua identidade como menino ou menina

5.3.3. Começa a antagonizar com o pai (menino|) e a menina com a mãe

5.3.3.1. Fase Edipiana

5.3.4. Punição, Ridicularizarão e Sarcasmo podem gerar fortes sentimentos

5.3.5. Devem receber esclarecimentos sexuais, de curiosidades

5.4. Domínio VS. Inferioridade

5.4.1. Dos 7 aos 12 anos

5.4.2. Desenvolver habilidades

5.4.3. Novas descobertas geram sentimento de domínio

5.4.4. Quando não é encorajada ou é rejeitada, desenvolve inferioridade

5.5. Identidade VS. Confusão de Papéis

5.5.1. Dos 12 aos 18 anos

5.5.2. Conhecer-se, primeira grande crise

5.5.3. Abandona, descobre, desenvolvi habilidades, tenta se encontrar

5.5.4. Não aceitam intromissão, rejeitam valores buscam estar em um grupo social

5.5.5. Coerência Interna x Difusão de Identidade

5.6. Intimidade VS. Isolamento

5.6.1. Dos 18 aos 30 anos

5.6.2. Fundir sua identidade, compromissos e sacrifícios, busca relações de intimidade

5.6.2.1. Ex.: Pertencer a um grupo político/religioso

5.6.3. Doar-se, sair de si mesmo x Entrar em isolamento e distanciamento

5.7. Generatividade VS. Autoabsorção

5.7.1. Entre os 30 e os 60 anoa

5.7.2. Criar, cuidar e orientar uma nova geração - Generatividade

5.7.2.1. Pela procriação x Pelo cuidado, educação e orientação

5.8. Integridade do EGO VS. Desesperança

5.8.1. A partir dos 60 anos

5.8.2. Ter lidado bem com os conflitos

5.8.2.1. solidariedade humana

5.8.2.1.1. desintegração e morte

5.8.3. Não conseguiu lidar bem com os conflitos

5.8.3.1. Sentimentos de desespero

5.8.3.1.1. Não há mais tempo

5.8.4. A integridade do EGO

5.8.4.1. União com a humanidade

5.8.4.1.1. Sua falta, leva a desesperança e temor da morte

6. Vivenciamos conflitos psíquicos

7. Erik Erikson

7.1. Discípulo de Freud

7.2. 1902 - 1994

7.3. Psicanalista

7.4. Antropologia e Educação

8. O EGO

8.1. EGO CORPORAL

8.1.1. Experiências ligadas ao corpo

8.2. IDEAL DO EGO

8.2.1. Imagem que fazemos de nós mesmo X Imagem idealizada

8.3. IDENTIDADE DO EGO

8.3.1. Imagem idealizada por nós sobre os papéis sociais que representamos

9. INFLUÊNCIA SOCIAL

9.1. O EGO emerge da sociedade

9.1.1. E pela sociedade é modelado

9.2. O EGO emergi em um meio cultural

9.2.1. Modelando as personalidades

9.2.2. De acordo com os valores e necessidades

10. SUPER EGO x ID

10.1. O SUPER EGO É O JUIZ, QUE BUSCA ORIENTAR O INDIVIDUO DENTRO DOS LIMITES MORAIS E DE VALORES

10.1.1. TIRANO

10.2. O ID É TOTALMENTE INCOSCIENTE, QUE BUSCA PRAZER E LIBERAÇÃO DAS TENSÕES

10.2.1. IMPULSIVO

11. O EGO SURGE COMO MEDIADOR ENTRE O SUPER EGO E O ID