Projetos Integradores 2021

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Projetos Integradores 2021 por Mind Map: Projetos Integradores 2021

1. Ementa

1.1. 1) Pesquisa, investigação, análise e proposta de projetos interdisciplinares em Ciência da Natureza. Aproximações entre a física, a química e a biologia na escola.

1.2. 2) Diferenças entre intradisciplinaridade, multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e transversalidade no cotidiano escolar.

1.3. 3) Project Based Learning (PBL): fundamentação, organização e etapas, mobilização, desenvolvimento e formas de avaliação.

1.4. 4) Metodologias ativas de aprendizagem no ensino de ciências e a aprendizagem com foco no aluno.

1.5. 5) Estudos de casos e controvérsias sociocientíficas

1.6. 6) Aprendizagem por temas geradores

2. Objetivos

2.1. 1) Refletir sobre a importância dos projetos integradores para o estabelecimento de interfaces curriculares.

2.2. 2) Elaborar projetos integradores que vinculem os Temas Contemporâneos Transversais e a Base Nacional Comum Curricular, utilizando metodologias ativas e ensino por projetos.

3. Referências Bibliográficas

3.1. Interdisciplinaridade

3.1.1. FAZENDA, C. A. (Org.). Didática e Interdisciplinaridade. Campinas/SP: Papirus, 2012. (PEARSON)

3.1.2. SANTOMÉ, Jurjo. T. Globalização e interdisciplinaridade. Porto Alegre: Artmed, 1998.

3.1.3. AUGUSTO, Thaís Gimenez da Silva; CALDEIRA, Ana Maria de Andrade ; CALUZI, João José ; NARDI, Roberto . Interdisciplinaridade: concepções de professores da área ciências da natureza em formação em serviço. Ciência e Educação (UNESP), São Paulo, v. 10, n.2, p. 277-289, 2004.

3.1.3.1. Interdisciplinaridade: concepções de professores da área ciências da natureza em formação em serviço

3.1.4. MORIN, Edgar.Introdução ao pensamento complexo. Porto Alegre: Sulina, 2007a.

3.2. Ensino por Área do Conhecimento

3.2.1. RADETZKE, F. S. ; LEITE, F. A. ; Judite Scherer Wenzel . Compreensões acerca da área de Ciências da Natureza: um olhar para a construção de relações conceituais. In: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017, Florianópolis. XI ENPEC, 2017

3.2.2. Luiz Carlos de Menezes. 2012. A concepção do ensino na área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

3.3. Metodologias Ativas

3.3.1. MATTAR, João. Metodologias ativas para a educação presencial, blended e a distância. São Paulo: Artesanato Educacional, 2017.

3.3.2. BACICH, Lilian; MORAN, José (org.). Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. São Paulo: Penso, 2018.

3.4. Aprendizagem Baseados em Projetos

3.4.1. PBL no curso de Licenciatura em Química: uma imersão na prática docente

3.4.1.1. PBL no curso de Licenciatura em Química.pdf

3.4.2. Bender, W. N. (2014) Aprendizagem Baseada em Projetos, Educação diferenciada para o século XXI. Porto Alegre: Penso.

4. Avaliação

5. Estrutura do curso anterior

5.1. 1) Interdisciplinaridade

5.2. 2) Estudo do no PPC FASESP

5.3. 3) Metodologias Ativas

5.4. 4) Planejamento Reverso com a BNCC