TROVADORISMO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
TROVADORISMO por Mind Map: TROVADORISMO

1. Os meios de circulação

1.1. O florescimento das cantigas: Começaram na corte e, por influência das cantigas provenientes da França, em parte na cultura popular Ibérica

1.1.1. Os trovadores geralmente nobres eram os criadores das cantigas, jogral quem tocava e cantava com acompanhamento de outros músicos ponto final local castelo em Castelo de feudo em feudo. Cantigas: representavam o momento de decisivo na cultura da Baixa Idade Média. Cantinhos: primeiro a importante manifestação cultural leiga.

2. o trovadorismo em contexto

2.1. Durante a idade média, a concepção de mundo era essencialmente teocêntrica, Isto é, Deus era o centro do mundo. A igreja, nesse momento, tinha uma importância fundamental na vida de todos e toda a produção e recepção das Artes em geral. Entretanto eram no espaço das igrejas, que as pessoas podiam conhecer a pintura ,a música e a arquitetura

3. As características das cantigas:

3.1. Cantigas de amor: • O eu lírico é masculino; • A mulher (a "senhor")é idealizada e distante; • O tema amoroso é abordado com maior complexidade do que nas cantigas de amigo; • O ambiente é o da aristocracia cortesã; • não há paralelismos e pode haver refrão;

3.1.1. CANTIGAS De Amigo: O eu lírico é feminino. O amor é natural e espontâneo e é a figura feminina que expressa seus sentimentos, dirigindo-se ao Amado/namorado/amigo. O ambiente a Popular: Campo, praia, vírgula, com a presença de elementos naturais, como fontes e animais. Pode haver refrão, a paralelismos e forte musicalidade.

3.1.1.1. Cantigas de escárnio: A linguagem é trabalhada, irônica, cheia de ambiguidades e trocadilhos. A pessoa satizada não é, em geral, identificada. A crítica volta-se para comportamentos e costumes de personalidades da aristocracia galega e Portuguesa de certos grupos sociais, como freiras, judeus, soldadeiras e prostitutas.

3.1.1.1.1. Cantigas de maldizer: A linguagem é pouco trabalhada e pobre em recursos expressivos;é mais direta, agressiva e, por vezes obscena. A pessoa satirizada costuma ser identificada. A crítica tem o mesmo alvo que As cantigas de escárnio: comportamentos e costumes da aristocracia e de determinados grupos sociais como : clérigos,freiras, judeus, soldadeiras e prostitutas.

4. O contexto de produção e recepção do trovadorismo

4.1. Idade Média: momento em que, na literatura, surgiu o trovadorismo.