Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Documentalium por Mind Map: Documentalium

1. Promover o intercâmbio de experiências mundiais sobre concessões, parcerias público privadas e verificador independente, por meio de documentários que apresentem todo o processo dos cases em questão, desde a sua concepção a execução e acompanhamento do mesmo até sua conclusão, mostrando todo o processo

2. Objetivos secundáriois e vantagens

2.1. Necessidades da Houer

2.2. Problemas e necessidades das Concessões PPP's Privatizações Verificador Independente

3. Papel da imprenssa e mídias

3.1. Qualificar

3.2. Engajamento em todas as mídias

3.3. Massificação

3.4. Entrevista da população

3.5. Mostrar benefícios

3.6. Transparencia

3.6.1. Portal da transparencia ninguem entra e diário oficial ninguem lê

3.7. Papel ninguem lê

3.7.1. Conteúdos massivos e cansativos

3.8. Conteúdo acessível a todos os interessados (Inclsive tribunal de contas)

3.9. Melhoria na capacidade de influencia

3.9.1. Chegar a mais gente

3.10. Popularização e alcance de pessoas que não conhecem

4. Objetivo Principal

5. Público alvo

5.1. Quem fez a modelagem e projeto

5.1.1. Todas as pessoas envolvidas no processo do modelo

5.2. Poder concedente

5.3. Concessionária

5.4. Verificador Independente

5.5. POPULAÇÃO EM GERAL

6. Como fazer?

6.1. Montar uma equipe multidisciplinar qualificada

6.1.1. Especialistas em parcerias público privadas

6.1.2. Jornalistas

6.1.3. Vídeo

6.2. Buscar modelos e cases pelo mundo e levantando todas as etapas

6.2.1. Sucessos

6.2.2. Insucessos

6.3. Entrevistar o máximo de pessoas envolvidas no processo, desde a sua concepção a sua finalização

6.3.1. Quem fez a modelagem e projeto

6.3.2. Poder concedente

6.3.3. Concessionária

6.3.4. Verificador Independente

6.3.5. POPULAÇÃO

6.4. Busca de patrocínios e parcerias

6.5. Divulgar

7. Motivação da ideia

7.1. Houer

7.1.1. Necessidades

7.1.1.1. Divulgação da marca e ramificações da Houer

7.1.1.1.1. Divulgação Academy

7.1.1.1.2. Internacionalização da marca

7.1.1.1.3. SEAL

7.1.1.1.4. Houer Tecnologia

7.1.1.2. Necessidade de divulgação e criação de conteúdos

7.1.1.2.1. Comunicação

7.1.1.2.2. Tornar-se referência na produção de conteúdos

7.1.1.2.3. Produções de conteúdos sem intermediários e imparcias

7.1.1.2.4. Na prática

7.1.1.2.5. Divulgação de projetos realizados

7.1.1.2.6. Criação de grupos para integração entre os colaboradores

7.1.1.3. Chegar nos Órgos Publicos (prefeituras, estados, países, secretarias...), bem como empresas privadas

7.1.1.3.1. Acesso a tomadores de decisões, pessoas de interesse como por exemplo para o gestor público

7.1.1.3.2. Ex.: Ministro do Turismo

7.1.1.3.3. Domínio do assunto

7.1.1.3.4. Formas para divulgação e apresentação de projetos para simplificados e diretos para entendimento do poder concedente

7.1.1.4. Necessidade de conhecimento em áreas de interesse e em locais estratégicos

7.1.1.5. Transparência de projetos

7.1.1.5.1. acompanhamento histórico da concessão

7.1.1.6. Melhoria e familiarização de termos técnicos em outros idiomas

7.1.1.7. Divulgação papel do Verificador Independente

7.1.1.7.1. Divlgação de sistemas desenvolvidos

7.1.1.8. Inovação

7.1.1.9. Mineração de dados

7.1.1.9.1. Base e suporte para tomadas de decisões e elaboração de projetos

7.1.1.10. Estimular e aumentar as possibilidades de parcerias

7.1.1.10.1. Caso Mercado Distrital do Cruzeiro

7.2. Concessões PPP's Privatizações Verificador Independente

7.2.1. Problemas / Necessidades

7.2.1.1. Carência de conteúdos produzidos por especialistas

7.2.1.1.1. Massificação da produção de conteúdos

7.2.1.1.2. Conteúdos acadêmicoa para grupos interessados

7.2.1.1.3. Conteúdos focados na prática

7.2.1.1.4. Meios acadêmicos

7.2.1.1.5. Sociedade

7.2.1.1.6. Soluções factíveis

7.2.1.2. Intercâmbio de metodologias de sucesso

7.2.1.2.1. Cenário atual dos modelos nacionais e internaciais

7.2.1.2.2. Mostrar para as pessoas que muitas coisas lá fora, que a gente queria aqui, o governo não faz sozinho

7.2.1.2.3. benchmarking

7.2.1.2.4. Análises comparativas

7.2.1.2.5. Vem das iniciativas privadas - Poder concedente não tem

7.2.1.3. Comunicação e divulgação de projetos

7.2.1.4. Benefícios

7.2.1.5. Desconhecimento do papel do Verificador Independente

7.2.1.6. O papel da população

7.2.1.6.1. Resgatar confiança

7.2.1.7. Chegar em tomadores de decisões

7.2.1.8. Confrontos políticos

7.2.1.8.1. Adoção/aceitação de políticos de partidos contrários

7.2.1.9. "Licença social" para as concessinárias

7.2.1.9.1. Quebra de paradigmas

7.2.1.10. Transparência para a população de poder concedente

7.2.1.10.1. Fiscalização de projetos

7.2.1.10.2. Acompanhamento histórico da concessão

7.2.1.11. Amparo técnico

7.2.1.12. Capital estrangeiro e segurança dos financiadores

7.2.1.12.1. Estrutura para novos financiadores

7.2.1.13. Mostrar resultados de políticas públicas