Regimes totalitários

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Regimes totalitários por Mind Map: Regimes totalitários

1. Fascismo

1.1. Itália, 1922

1.2. Todos os outros modelos são de alguma forma fascistas, mas acrescentam algo mais. Mas a base de todos é o Fascismo Italiano

1.3. Benito Mussolini

1.4. A Itália trocou do lado da Alemanha na 1ª Guerra, pois a Inglaterra havia prometido terras, contudo, não cumpriu

1.4.1. A Inglaterra ainda começou a dominar economicamente a Itália

1.4.2. Os Italianos se sentiram enganados

1.4.3. Surge o Fascismo

1.5. Fascio de combate = Feixe de combate

1.5.1. Organização que vai cobrar mais a ação para expulsar os ingleses e tentar estabelecer uma ordem na Itália

1.5.2. Desejam também uma nacionalidade italiana (ultranacionalismo)

1.6. Camisas Negras

1.6.1. Integrantes de uma milícia que agia diretamente em favor do Partido Nacional Fascista

1.6.2. Após a tomada de poder por Benito Mussolini, a organização passou a integrar diretamente o exército italiano

1.6.3. Atuavam muito através da violência

1.7. Marcha sobre Roma (1922)

1.7.1. O rei italiano Vitor Emanuel III nomeia Mussolini como Chefe de Governo

1.7.2. Mussolini derruba o rei da Itália e passa a governar sozinho

1.7.2.1. A partir daqui a Itália se torna uma ditadura Fascista

1.8. A Igreja Católica se localizava em Roma

1.8.1. O papado se negou a aderir o Fascismo

1.8.2. Mussolini convence a Igreja Católica a se calar/ aceitar

1.8.3. Tratado de Latrão: Criação da Cidade-Estado do Vaticano

1.9. Começa a influenciar outros países em situações parecidas como a Alemanha

2. Nazismo

2.1. A Alemanha passa de uma Monarquia para uma República após a 1ª Guerra Mundial

2.1.1. República de Weimar

2.2. A Alemanha se sente humilhada após a 1ª Guerra

2.3. Surgimento do Partido Nazista

2.3.1. Começou a ganhar eleições legislativas

2.3.2. Passaram a crescer no Parlamento (Reichstag)

2.4. Nazismo: perseguição aos não "Alemães" que prejudicam a formação da identidade nacional

2.5. Ultranacionalismo

2.6. Começam a formar campos de concetração alegando que eram coisas legais, pra levar os judeus e matá-los

2.7. Uma das grandes DIFERENÇAS ENTRE O NAZISMO E O FASCISMO é que:

2.7.1. NAZISMO tem um INVESTIMENTO MAIOR em IDEOLOGIA e PROPAGANDA,

2.7.2. Já o FASCISMO tem atuação mais pautada na FORÇA

2.8. Tentam mostrar que o Hitler é salvador de uma pátria que está abandonada, humilhada pelos outros países

3. Franquismo

3.1. Influência fascista na Espanha

3.2. 1939

3.3. A Espanha tinha acabado de se tornar uma República

3.3.1. Haviam vários grupos que estavam querendo participar dessa República, mas tinha pensamentos diferentes

3.3.2. EXEMPLO: Frente Popular - socialistas, comunistas, anarquistas, sindicalistas e federalistas

3.3.3. Em oposição havia a FRENTE NACIONALISTA - Militares e Elite agrária. Como Líder o Francisco Franco que gostava dos ideais de Mussolini no fascismo italiano

3.3.3.1. Apoiado pela FALANGE ESPANHOLA (influência fascista)

3.4. Guerra Civil Espanhola (1936 - 1939)

3.4.1. Frente Popular X Frente Nacionalista

3.4.2. A Frente Nacionalista recebeu apoio de tropas fascistas italianas e da Luftwaffe (força aérea nazista)

3.5. Após a Guerra Civil, Franco sobe ao poder e da inicio ao Franquismo, ficando no poder até após a 2ª Guerra Mundial

4. Todos são uma resposta aos acontecimentos da 1ª Guerra Mundial

5. Salazarismo

5.1. 1933 e 1974

5.2. Contexto

5.2.1. Golpe militar realizado em 28 de maio de 1926

5.2.1.1. Regime ditatorial chamado Ditadura Nacional

5.2.1.2. Salazar ganhou influência na política e em 1933 foi nomeado para o cargo de presidente do Conselho dos Ministros

5.2.1.3. Início da ditadura salazarista (Por mais de trinta anos, conhecida como Estado Novo)

5.2.2. Até 1910, Portugal era uma monarquia constitucional, mas uma revolta transformou o país em uma república

5.2.3. Início da Primeira República Portuguesa

5.2.3.1. Marcado por diversos problemas econômicos e políticos

5.2.3.2. problemas agravados com a Primeira Guerra Mundial

5.2.4. Esses problemas fizeram com que um discurso conservador e autoritário ganhasse força no país

5.2.5. Corporativismo

5.3. Características

5.3.1. Censura

5.3.2. Concentração do poder na mão do líder

5.3.3. Perseguição aos opositores

5.3.4. Exaltação de valores tradicionais resgatados

5.3.5. “Deus, pátria, família”

5.3.6. Defesa do colonialismo

6. Espécie de revanchismo

7. Formação de uma identidade nacional

8. Regimes totalistaristas

9. Ultranacionalistas

10. Ditadores Onipresentes