Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
SARAMPO por Mind Map: SARAMPO

1. Tratamento

1.1. Menores de 6 meses: 50.000 UI de Vitamina A

1.2. Entre 6 e 12 meses: 100.000 UI de Vitamina A

1.3. Maiores de 12 meses: 200.000 UI de Vitamina A

2. Prevenção

2.1. Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba)

2.1.1. Cobertura vacinal acima de 95%

2.1.2. Efeitos adversos (raros)

2.1.2.1. Febre

2.1.2.2. Exantema

2.1.2.3. Cefaléia

2.1.3. Calendário: 2, 4 e 6 meses

2.1.4. Vacinação indiscriminada em campanha de seguimento

2.1.5. Vacinação extramuros

2.1.6. Campanhas de multivacinação

3. Assistência Médica

3.1. Hospitalização se:

3.1.1. Imunocomprometidos

3.1.2. Complicações: Infecções bacterianas Encefalite

3.2. Isolamento domiciliar ou hospitalar

3.3. Vigilância dos contatos por 21 dias

4. Diagnóstico

4.1. Clínico

4.1.1. Febre e exantema maculopapular

4.1.2. Tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite

4.1.3. Indivíduo suspeito com história de viagem ao exterior

4.2. Laboratorial

4.2.1. ELISA para IgG e IgM

5. Controle

5.1. Operação de limpeza após caso confirmado

5.2. Vacinação de bloqueio: dentro de 72 após exposição

6. Caso Suspeito

6.1. Caso suspeito que viajou no exterior nos últimos 30 dias ou que encontrou em contato com alguém que viajou no exterior nos últimos 30 dias

6.2. Paciente com febre, exantema maculopapular com pelo menos um sinal ou sintoma de tosse, coriza e/ou conjutivite.

7. Estratégias de vigilância

7.1. Notificação compulsória à secretaria municipal de saúde

7.2. Isolamento domiciliar ou hospitalar para diminuir o risco de novos contágios

7.3. Principal medida de controle: vacinação

8. Investigação epidemiológica

8.1. Identificação do paciente

8.2. Coleta de dados clínicos e epidemiológicos

8.2.1. Confirmar suspeita diagnóstica

8.2.2. Identificar a área de transmissão e sua extensão

8.2.3. Identificar um surto de sarampo

8.3. Análise de dados

8.4. Encerramento de casos - tratamento

8.5. Relatório final

9. Definição de caso

9.1. Confirmado

9.1.1. Laboratorial

9.1.1.1. Sorologia positiva para IgM e análise epidemiológica indica a confirmação de sarampo

9.1.2. Vínculo epidemiológico

9.1.2.1. Contato de um ou mais casos de sarampo confirmados laboratorialmente e sintomatologia entre 7 e 18 dias após exposição

9.1.3. Clínico

9.1.3.1. Sintomatologia sugestiva de sarampo, em que não foi possível colher sorologia

10. Fontes: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_vigilancia_epidemiologica_7ed.pdf http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/04/Boletim-epidemiologico-SVS-09-final.pdf

11. Eric Araújo Alvares, Rafael Mario Issamu Carvalho Yamao e Sabrina Santana Santos