Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Classes gramaticais por Mind Map: Classes gramaticais

1. Própio

1.1. Especifica um ser entre outros da mesma espécie. É escrito com a primeira letra maiúscula. Ex: Maria, São Paulo, brasil

2. classificação do substantivo

2.1. Comum

2.1.1. Indica um nome comum a todos os seres de uma mesma espécie. Ex: crianças, cidade, país

2.2. Simples

2.2.1. Formado por uma só palavra. Ex: barriga, couve, pé, armario.

2.3. Composto

2.3.1. Formado por duas ou mais palavras. Ex: pontapé, guarda-roupa, pé de moleque.

2.4. Primitivo

2.4.1. Aquele que não é derivado de outra palavra e da orige3m a outras palavras. Ex: mar, pedra, terra, barba.

2.4.2. Coletivo

2.4.2.1. Indica um conjunto de seres da mesma espécie. Ex: cardume ( conjunto de peixes), enxame (conjunto de abelhas), constelação (conjunto de estrela).

2.5. Derivado

2.5.1. Aquele que é derivado de outra palavra. Ex: maresia, pedreiro, terráqueo, barbado.

2.6. Concreto

2.6.1. Indica seres que têm existência independente. Ex: chuva, brisa, girrasol, princesa.

2.7. Abstrato

2.7.1. Indica seres que dependem de outros para ter existência. Ex: amor, verdade, ódio, saudade, sensatez, mentira.

3. artigos

3.1. Masculino

3.1.1. o e um

4. artigos

4.1. feminino

4.1.1. singular

4.1.1.1. plural

4.1.1.2. os e uns

4.1.2. singular

4.1.2.1. plural

4.1.2.2. uma e umas

4.1.3. a e as

5. pronomes

5.1. uso: substituem nomes de seres em geral

5.1.1. pessoais retos: exercem função de sujeito Ex: eu, tu, ele, nós, vós, eles.

5.1.2. pessoais oblíquos: exercem função de complemento do verbo. Ex: me, mim, comigo, o, a, se, conosco, vos, etc.

5.1.3. pessoais de tratamento: são usados para tratamento formal ou respeitoso. Ex: você, senhor, Vossa Excelência, Vossa Eminência, etc.

5.2. uso: dão ideia de posse

5.2.1. possessivo: indicam que determinado ser pertence a uma das pessoas do discurso,. Ex: meu, tua, seus, nossas, vosso, sua, etc

5.3. uso: situam pessoas, coisas ou animais

5.3.1. demonstrativo: servem para situar um ser no tempo e no espaço, ou para se referira outro ser mencionado no próprio texto em que aparece. Ex: este, essa, aquilo, tal, etc.

5.4. uso: indicam pessoas, coisas ou animais de forma vaga.

5.5. servem para formular perguntas diretas ou indiretas.

5.5.1. indefinidos: referem-se à terceira pessoa do discurso de modo impreciso. Ex: algum, nenhuma, todos, muitas, nada, algo, etc.

5.5.2. interrogativos: são pronomes usados em frases interrogativas. Ex: que, quem, qual, quando, etc.

5.6. fazem referencias a um nome ou pronome.

5.6.1. relativos: referem-se a um termo anterior a eles e dão inicio a uma nova oração. Ex:que, quem, onde, a quai, cujo, quantas, etc.

6. numerais

6.1. cardiais: definição: indicam quantidades determinada. Ex: um, sete, vinte e oito, cento e noventa, mil

6.2. ordinais: definição: indicam a posição de um ser em uma sequência. Ex: primeiro, vigésimo segundo, nonagésimo, milésimo

6.3. multiplicativos: definição: indicam quantidades multiplicadas. Ex: duplo, triplo, quádruplo, quíntuplo.

6.4. fracionários: definição: indicam quantidades divididas. Ex: um meio, um terço, três décimos.

7. frases nominal

7.1. não há presença de verbo. Ex: Belo trabalho!

8. frase verbal (oração)

8.1. há presença de verbo Ex;: Sua irmã já acordou.

9. tipos de frase

9.1. as frases podem ser classificadas em relação ao sentido que expressam

9.1.1. declarativas

9.1.1.1. usadas para declarar algo. Podem ser afirmativas ou negativas

9.1.2. interrogativas

9.1.2.1. usadas para fazer uma pergunta e obter alguma informação. A interrogação pode ser direta ou indireta.

9.1.3. imperativa

9.1.3.1. usadas para dar uma ordem, um conselho ou fazer um pedido, utilizando-se o verbo no modo imperativo. Podem ser afirmativas ou negativas

9.1.4. exclamativas

9.1.4.1. usadas para exprimir algum estado afetivo.

9.1.5. optativas

9.1.5.1. usadas para exprimir um desejo