Lavagem das mãos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Lavagem das mãos por Mind Map: Lavagem das mãos

1. Evidências de transmissão de patógenos por meio das mãos:

1.1. Forma Direta: direta com o paciente, por fonte de infecção de fungos.

1.1.1. Forma indireta: com produtos e equipamentos no ambiente próximo a bombas de infusão, barras protetoras das camas, estetoscópio, entre outros.

1.1.1.1. Higiene Simples das mãos:

1.1.1.1.1. Remove os micro-organismos da pele, assim como suor, a oleosidade, e as células mortas, retirando a sujidade;

1.1.1.1.2. Deve durar de 40 a 60 segundos.

2. Ação para previnir a transmissão de micro-organismos e evitar que pacientes e profissionais de saúde transmitam micro-organismos pelas mãos.

2.1. Previnir transmissão de micro-organismos pelas mãos:

2.2. Agente tópico com eficácia anti microbiana;

2.3. Procedimento adequado ao utilizá-lo com técnica adequada e no tempo preconizado;

2.4. Adesão regular ao seu uso, nos momentos indicados.

2.4.1. Qual a finalidade da higienização das mãos?

2.4.1.1. Instituir e promover a higiene das mãos;

2.4.1.2. Previnir e controlar infecções relacionadas a saúde ( IRÁS);

2.4.1.3. Proteger o paciente e os profissionais de saúde relacionados ao cuidado.

2.4.1.4. Fricção antisséptica das mãos com preparação alcoólica:

2.4.1.5. Sob as formas em gel, espuma e outras ( na concentração final mínima de 70%).

2.4.1.6. Sob a forma líquida ( na concentração final entre 60% a 80%).

2.4.1.7. Deve durar de 20 a 30 segundos.

2.4.1.8. Quando as mãos não estiverem visivelmente sujas. Não realiza a remoção das sujidades.

3. Controle de disseminação de micro-organismos multirresistentes:

3.1. Antissépticos

3.2. Sabonetes

3.3. Clorexidina

3.4. Álcool

3.5. Iodo

3.5.1. Higiene antisséptica das mãos:

3.5.2. Remove as sujidades e a microbiota transitória;

3.5.3. Deve durar de 40 a 60 segundos.