Trovadorismo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Trovadorismo por Mind Map: Trovadorismo

1. Trovadorismo foi um movimento literário e poético que surgiu na Idade Média no século XI. Foi o primeiro movimento literário da língua portuguesa, pois dele surgiram as primeiras manifestações literárias.

1.1. Cantiga da Ribeirinha, em 1189 ou 1198 Designação de Fernão Lopes como o Guarda-Mor da Torre do Tombo(1434)

2. CANTIGAS:

2.1. Na cantiga de amor o trovador fala das emoções do “eu” masculino. Diferentemente da maioria das cantigas de amigo, é aqui que o trovador assume o ideal do amor cortês. O amor não é a experiência vivida ou aguardada às margens da fonte mas é - acima de tudo - a experiência de amar sem ser correspondido, de sonhar com o objeto inacessível. E quanto mais inatingível se torna a figura feminina, mais ela é símbolo de perfeição e pureza.

2.1.1. As cantigas de amigo se caracterizam pelo fato de o trovador cantar a realidade da mulher: o “eu” feminino exterioriza suas emoções, aflições, expectativas, encontros amorosos, desencontros, etc.

2.1.1.1. Cantigas de escárnio são aquelas em que o trovador critica sem individualizar a personalidade criticada. Maldizer é aquela em que a pessoa criticada é individualizada.

3. PRINCIPAIS AUTORES E OBRAS  Cancioneiro da Ajuda (contendo 310 cantigas)  Cancioneiro da Biblioteca Nacional (contendo 1647 cantigas)  Cancioneiro da Vaticana (contendo 1205 cantigas)  Novelas de cavalaria do ciclo bretão ou arturiano: - José de Arimatéia - A demanda do Santo Graal - História de Merlim

4. CARACTERÍSTICAS °A Idade Média: feudalismo, nobreza e clero ° Teocentrismo °O lirismo: cantigas de amor e cantigas de amigo °A sátira: cantigas de escárnio e cantigas de mal dizer ° A corte do rei Artur e o ideal das novelas de cavalaria

5. PANORAMA MUNDIAL ° Feudalismo °Teocentrismo ° As grandes cruzadas ° As primeiras universidades ° Arte gótica

5.1. PANORAMA PORTUGUÊS ° Consolidação do Estado português ° A dinastia de Borgonha °A luta da Reconquista ° D. Pedro I e a morte de Inês de Castro ° A Peste Negra (1348)