Camadas da Pele

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Camadas da Pele por Mind Map: Camadas da Pele

1. Epiderme

1.1. Cama externa constituída por epitélio estratificado pavimentoso queratinizado, sendo suas células mais abundantes os queratinócitos. Apresenta quatro ou cinco camadas, denominadas estratos, estando na seguinte ordem partindo da derme para a superfície: basal, espinhosa, granulosa, lúcida (apenas na pele espessa) e córnea.

1.1.1. I. Estrato basal: possui células prismáticas ou cuboides, basófilas, repousadas sobre a membrana basal; as células da camada basal contêm filamentos intermediários de queratina, que aumentam de número em direção à superfície; as células da camada basal contêm filamentos intermediários de queratina, que aumentam de número em direção à superfície.

1.1.2. II. Camada espinhosa: possui células cuboides ou ligeiramente achatadas, com núcleo central e citoplasma com tonofilamentos (queratina) e curtas expansões que dão à célula um aspecto espinhoso.

1.1.3. III. Camada granulosa: tem de 3 a 5 fileiras de células poligonais achatadas, de núcleo central e citoplasma com grânulos basófilos. As terminações nervosas chegam até esse estrato.

1.1.4. IV. Estrato lúcido: evidente apenas na pele espessa, é formado por uma camada delgada de células achatadas, eosinófilas e translúcidas, sem núcleo e organelas.

1.1.5. V. Camada córnea: é constituída por células achatadas, mortas, sem núcleo e com citoplasma cheio de queratina. Essa camada funciona como uma barreira contra patógenos e agentes químicos. Sua espessura pode variar, sendo maior nas mãos e pés, que são partes que sofrem com o atrito e peso. O extrato córneo encontra-se em constante descamação.

2. Derme

2.1. Formada por duas camadas: derme papilar (tecido conjuntivo frouxo – superficial) e derme reticular (tecido conjuntivo denso – mais profunda). Além disso, a derme apresenta vasos sanguíneos e linfáticos, nervos, folículo piloso, glândulas sebáceas e sudoríparas.

2.1.1. I. Derme papilar: camada logo abaixo da epiderme, possui projeções que se encaixam na epiderme.

2.1.2. II. Derme reticular: é a camada mais espessa e é constituída por tecido conjuntivo mais denso.

3. Anexos da pele

3.1. Algumas estruturas são associadas à pele: pelos, unhas, glândulas sebáceas e sudoríparas.

3.1.1. I. Pelos: são estruturas formadas por queratina modificada e crescem continuamente. Desenvolvemse a partir de uma invaginação de epiderme (folículo piloso) e apresenta três camadas: raiz, córtex e cutícula

3.1.2. II. Unhas: são placas de células queratinizadas encontradas na superfície dorsal das falanges terminais dos dedos.

3.1.3. III. Glândulas sebáceas: glândula exócrina acinosa simples ramificada holócrina – situam-se na derme e seus ductos geralmente desembocam em um folículo piloso, sendo que em algumas regiões desembocam direto na superfície da pele. Na palma da mão e na planta do pé não há esse tipo de glândula.

3.1.4. IV. Glândulas sudoríparas: glândula exócrina tubulosa simples enovelada; são encontradas em toda a pele e podem ser merócrinas ou apócrinas.

4. LUCAS GROHMANN LAVEZZO RA: 202112523 MATHEUS VIEIRA LIMA RA: 202107194 ROBERTA DE FARIA DINIZ BEVILACQUA RA: 202109729 THAÍS MARIANO SANCHES RA: 001202000119 VITÓRIA BIDÓIA DA SILVA RA: 001202001371