FILOSOFIA CLÁSSICA do Mitológico ao Filosófico/Logos)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
FILOSOFIA CLÁSSICA do Mitológico ao Filosófico/Logos) por Mind Map: FILOSOFIA CLÁSSICA do Mitológico ao Filosófico/Logos)

1. SURGIMENTO: Foi quando o período anterior (PERÍODO MÍTICO) passou a ser questionado e com isso houve o rompimento com os traços mitológicos e sagrados. A transição de pensamentos, do MÍTICO para o FILOSÓFICO, por volta dos séculos VI ou VII a.C.

2. 1) PERÍODO PRÉ SOCRÁTICO: Os pré Socráticos foram considerados os primeiros Filósofos, atuando entre 623 e 399 a. C. Buscavam o ARCHÉ: a origem de todas as coisas. Apesar de terem um ponto em comum entre eles que era o rompimento com os traços mitológicos e sagrados do período anterior e do foco ser a COSMOLOGIA, não era um grupo homogêneo de pensadores. ESCOLAS FILOSÓFICAS que inauguraram a Ciência.

3. * ESCOLA JÔNICA: O principal Filósofo é TALES DE MILETO, conhecido como o pai da Filosofia. Tem o objetivo descobrir a origem de todas as coisas a partir de pensamentos e constatações racionais. Identificou os quatro elementos: água, ar, terra e fogo como os elementos fundamentais para a natureza. Astronomia e Geometria. Substância principal: ÁGUA, a origem de todas as coisas.

4. *ESCOLA DE ELEIA: O principal Filósofo, PARMÊNIDES DE ELEIA, afirma que há dois caminhos, o da RAZÃO e o da FILOSOFIA. A única realidade existente é o ser, que é por sua vez, indivisível e imutável. O ser é entendido como algo que já existe, que já é, e não algo que pode vir a ser alguma coisa. O SER É; O NÃO-SER NÃO É.

5. *ESCOLA SOFISTA: Os sofistas eram sábios e eruditos itinerantes. Tinham interesse em descobrir o fundamento de todas as coisas, buscavam o fundamento de tudo a partir de explicações lógicas e racionais. Principal filósofo: PROTÁGORAS. O homem é a causa de si mesmo, não a natureza. Dominavam técnicas de RETÓRICA e ORATÓRIA. A LEI é o que liberta o homem da barbárie. Valores e legislação variam dentre as diferentes culturas, promove uma relativização do conceito de justiça: justo é o que está na lei.

6. * ESCOLA ATOMISTA: Para os atomistas todos os seres humanos e coisas são formados pela junção de partículas indivisíveis, os átomos, que se encontram a partir de colisões no espaço. Principal Filósofo: DEMÓCRITO.

7. PERÍODO MITOLÓGICO: Mítico é o que faz parte da cultura de um povo, sem questionamentos. Recorriam ao sobrenatural, ao sagrado, à magia e ao mistério. Explicações voltadas aos Deuses e suas vontades. O mundo era governado por forças superiores e exteriores. O único recurso para o saber era através do diálogo que sensibilizava e influenciava os ouvintes.

8. 3) PERÍODO PÓS SOCRÁTICO: Helenístico: Período correspondente ao fim do período Clássico até o começo da Idade Média. Nesse período a Grécia perde a hegemonia sobre os estudos e produções filosóficas. As principais escolas são: EPICURISMO, CETICISMO, ESTOICISMO e CINISMO.

9. 2) PERÍODO CLÁSSICO /Socrático: Período marcado pelo desenvolvimento e estruturação da filosofia e pelo desenvolvimento dos primeiros conceitos de ética e política. Na filosofia clássica, três nomes são primordiais para o desenvolvimento das ideias: SÓCRATES, PLATÃO e ARISTÓTELES.

10. SÓCRATES: Considerado o primeiro filósofo a buscar rigorosas definições universais para as virtudes morais. Criador do Método Socrático, técnica de ensino e pesquisa que faz uso da dialética. Suas discussões atacavam o relativismo típico do pensamento sofístico. Teve a ÉTICA como modo de vida e filosofia.

11. PLATÃO: Discípulo de Sócrates, Platão tem uma profunda crença na ideia de busca pela razão e verdade. Descreve uma sociedade ideal dividida em três classes. Platão também escreve sobre o mundo das ideias e o mundo da razão. Ordem e harmonia como caminho para se alcançar o bem.

12. ARISTÓTELES: Aluno de Platão, desenvolveu trabalhos sobre a observação sistemática da natureza e fenômenos físicos. Aristóteles desenvolve também estudos sobre objetos imateriais, a partir desses estudos, dá início a metafísica.

13. 4) ROMANO: marcado pela continuação das Escolas helenísticas e a recuperação do pensamento platônico.

14. EPICURISMO: Escola fundada por Epicuro, os epicuristas creem que o bem é originário da prática da virtude e para que o indivíduo encontre o prazer, tanto o corpo quanto a alma devem evitar o sofrimento.

15. CETICISMO: Ceticismo Os ceticistas adotam uma postura de dúvida diante de todo e qualquer conhecimento, para esses filósofos não é possível que se tenha certeza sobre nenhum conhecimento.

16. ESTOICISMO: Estoicismo Defendem o uso da razão a qualquer custo. Todo sentimento, emoção e prazer devem ser deixados de lado. Principais nomes: Zenão de Cítio e Sêneca.

17. CINISMO: Os filósofos deveriam assumir uma postura de distanciamento e desprezo pelos bens materiais. Consideravam que a felicidade era conquistada através da virtude. Principal nome: Antístenes.