HISTÓRIA DAS POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL

HISTÓRIA DA SAÚDE PUBLICA NO BRASIL

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
HISTÓRIA DAS POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL por Mind Map: HISTÓRIA DAS POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL

1. Brasil-Colônia (1500 - 1880)

1.1. NÃO EXISTIA POLÍTICA DE SAÚDE MAS HAVIAM MUITAS DOENÇAS

1.1.1. Poucos médicos profissionais vieram de Portugal mas a população tinha medo

1.1.1.1. Não conseguiram exercer a profissão pois os nativos não confiavam

1.1.2. Iniciaram as mediadas para salvar a produção econômica e o comércio

1.1.2.1. Urbanização

1.1.2.2. Saneamento dos portos

1.1.2.3. Infraestrutura

2. ERA VARGAS (1930 A 1964)

2.1. Ministério da educação e saúde - A educação era prioridade

2.2. Uso dos recursos da saúde pra industrialização do Brasil

2.3. Caixas de Aposentadoria e pensão subistituidos pelos instituidos de Aposentadoria e Pensões

2.3.1. IAP'S

2.3.1.1. Passam a ser gerenciados por entidades sindicais

2.3.1.2. Constituição de 1934

2.3.1.2.1. garantia de assistência médica

2.3.1.2.2. garantia de licença maternidade

2.3.1.2.3. Jornadas de 8h de trabalho

2.4. Lei orgânica (PREVIDÊNCIA SOCIAL)

2.4.1. 1960

2.4.1.1. Unifica os IAPS

2.4.1.2. Consolida LEIS TRABALHISTAS

2.4.2. CONTINUAM SEM ASSISTÊNCIA

2.4.2.1. População rural

2.4.2.2. Empregadas domésticas

2.4.2.3. Funcionários públicos

3. REPUBLICA VELHA (1889 A 1930)

3.1. REVOLTA DA VACINA

3.2. Golpe Militar em 1989

3.2.1. Devido as grandes epidemias medidas militares autoritaristas eram frequentes para o "bem" de todos

3.3. Santa casa de Misericórdia fazia antendimento como caridade

3.3.1. Oswaldo Cruz

3.3.1.1. Em 1900 começam as mudanças na saúde publica

3.3.1.2. Carlos Chagas sucessor de Oswaldo, reduziu a oposição da população

3.3.2. Nenhuma assistência para a população rural e os desempregados

3.3.3. Caixas de aposentadoria e pensão eram mantidas elas empresas para:

3.3.3.1. Empresários

3.3.3.2. Médicos

3.3.3.3. Prestadores de serviço

3.3.3.4. Funcionários e famílias

3.4. Imigração dos trabalhadores europeus - Lei Elói Chaves (1923)

3.4.1. Sistema de saúde permanece informal - sem cobertura de trabalhadores e população rural

3.5. REVOLTA DE 1904 - REVOLTA DA VACINA

3.5.1. Contra a vacina obrigatória

4. Primeiro reinado

4.1. CONSOLIDAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA

4.1.1. Arranjo poliico - elaborado pelas elites

4.1.2. Vacina contra varíola

4.1.3. Poucos avanços na saúde pública

4.1.4. Contenção da epidemia de malária e de Febre amarela

4.1.5. A saúde publica não era prioridade

5. NASCIMENTO DO SUS

5.1. Ministério da saúde

5.1.1. Formula; normatiza; fiscaliza e avalia politicas e ações

5.1.2. Articulado ao conselho nacional de saúde

5.1.3. Comissão intergesgtorores

5.1.3.1. TRIPARTITE

5.1.3.1.1. Pactuação do plano nacional de Saúde

5.2. SUS É DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO

5.2.1. UNIVERSALIZAÇÃO

5.2.2. EQUIDADE

5.2.3. INTEGRALIDADE

5.3. Principios organizativos

5.3.1. Participação popular

5.3.2. Regionalização e hierarquização

5.3.3. Descentralização e comando único

5.4. Promoção e prevenção a saúde

5.5. Foco em saúde e qualidade de vida